Conheça nossos profissionais: Marcelo Pestana Arquitetura

3 minutos para ler
Marcelo Pestana é arquiteto e está cadastrado no GetNinjas desde Maio de 2017 e contou pra gente um pouco sobre uma carreira e profissão.
Há quanto tempo você trabalha no ramo?
Estou na área há pouco mais de 8 anos, atuando em alguns dos muitos ramos que fazem parte da área, como projeto, construção e reformas.
Quais são suas especialidades? E o quais os serviços você mais faz?
Nesse tempo tive a oportunidade de atuar em escritórios atuantes em segmentos diversos, como arquitetura hospitalar, comercial, industrial e residencial. O arquiteto deve, acima de tudo, ser um profissional generalista, dado a enorme gama de projetos de diferentes tipologias e diferentes escalas que surgem. Há sim escritórios e profissionais que acabam se ‘especializando’ em um determinado nicho, como equipamentos de saúde, ou atuando somente com arquitetura residencial ou comercial. Contudo, como disse, acredito que o profissional deva estar aberto e preparado para encarar qualquer desafio ou projeto.
Atualmente, desenvolvo trabalhos sobretudo nas áreas de residencial – projetos novos e bastante reformas, saúde (hospitais e consultórios) e alguns trabalhos na área comercial (varejo) e corporativo.
Quanto tempo, em média, demora para realizar um serviço/projeto?
Isso é bastante relativo e está condicionado ao tamanho do projeto em si. Um projeto para uma residência nova, por exemplo, tem um processo mais demorado que uma reforma, ou ainda uma pequena sala comercial. Assim, dependendo do caso, o projeto pode se desenrolar em questão de duas semanas ou ter um processo mais longo, de até meses de duração, dado a complexidade envolvida (projetos estruturais, instalações, estudo de legislação etc).
Quais dicas você daria para uma pessoa que está pensando em mudar o design interior da sua casa?
O espaço que habitamos, seja para morar, seja para trabalho, deve, sobretudo, se adequar ao nosso estilo e hábitos de vida. De nada adianta ser bonito e pouco prático, ou o contrário, ser eficiente para os usos, mas não agradar na aparência. Modismos também acredito que devam ser evitados. Por isso é de extrema importância um briefing ou um programa de necessidades muito bem elaborado para que o projeto e a obra seja o mais assertiva possível em relação aos desejos e anseios da pessoa. O arquiteto deve investigar junto ao cliente seus hábitos, gostos e necessidades práticas e equacionar essas variantes no projeto de modo que este correspondo o máximo possível ao que o cliente espera.
Você pode conferir o anúncio do Marcelo aqui!

 

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Serviços

Cidades mais visitadas