Coronavírus gera crise de emprego e trabalho autônomo pode ser uma boa opção

crise de emprego
4 minutos para ler

Desde dezembro de 2019, o mundo foi pego de surpresa por uma doença: o novo coronavírus. O grande número de infectados e de óbitos tornou necessária uma quarentena, em que as pessoas precisam ficar em casa para evitar o contágio da doença.

Além disso, os governos começaram a adotar medidas como o fechamento de comércios, restaurantes, academias, clubes e escolas. Mas o que isso tudo pode significar? Para especialistas, o resultado indica uma grande crise de emprego.

Fizemos um post para explicar melhor o cenário e mostrar como o trabalho autônomo pode ser uma ótima opção neste momento de crise. Acompanhe!

Desempregos devido ao coronavírus

Com a rápida transmissão do coronavírus entre as pessoas, diversas empresas foram obrigadas a fechar suas portas por tempo indeterminado. Algumas conseguiram continuar as atividades com os seus funcionários trabalhando de casa.

Porém, para alguns setores (como restaurantes, lojas, hotéis, redes de turismo e academias), não foi possível fazer o mesmo.

Tudo isso acendeu um alerta para a possibilidade de aumento do desemprego. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a nova crise pode aumentar em 25 milhões o número de desempregados no mundo todo.

Mercado de profissionais autônomos

O mercado de profissionais autônomos vem crescendo ano a ano. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, em agosto de 2019, 24 milhões de pessoas trabalhavam por conta própria. Esses são os maiores resultados históricos que a pesquisa já teve.

A explicação para isso é a alta taxa de desemprego, que faz com que profissionais sem colocação busquem maneiras de se manter no mercado e conseguir pagar as contas no fim do mês.

Por que se tornar autônomo pode ser uma saída

Em tempos de pandemia do novo coronavírus e outras crises, atuar como profissional autônomo é ainda mais indicado. Essa é uma boa forma de continuar trabalhando para fugir do desemprego. Veja abaixo algumas vantagens!

Formalização sem complicações

Trabalhar por conta própria não quer dizer falta de formalização. Quem é autônomo pode se tornar microempreendedor individual (MEI) e ter benefícios como:

  • auxílio-doença;
  • aposentadoria por idade;
  • salário-maternidade;
  • pensão por morte;
  • auxílio-reclusão.

Organização de acordo com as necessidades

Ser profissional autônomo é ter a possibilidade de organizar a própria rotina. Assim, a pessoa trabalha com metas e com certo controle do aumento da quantidade de trabalho, seja de acordo com a demanda, seja pela necessidade de um dinheiro extra.

Horários alternativos

Além de controlar a quantidade de trabalho, o profissional autônomo conta com horários alternativos. Dessa maneira, pode escolher os períodos em que fará suas atividades, combinando o serviço com cada cliente. Isso faz com que sobre mais tempo para cuidar de si e ficar com a família.

Como o GetNinjas pode ajudar

O GetNinjas é a melhor saída para fugir da crise de emprego devido ao coronavírus. Recebemos, todos os meses, mais de 200 mil pedidos de clientes procurando serviços de profissionais autônomos.

Para entrar, é fácil. Basta fazer um cadastro grátis e criar um perfil que ficará disponível na plataforma. Em seguida, é possível adquirir moedas e investi-las para escolher clientes que já colocaram suas demandas no aplicativo.

Então, é só combinar com o cliente pelo próprio celular e, concluída a atividade, receber normalmente pelo serviço. Vamos lá, cadastre-se agora mesmo no GetNinjas!

Você também pode gostar

Deixe um comentário