Cronograma de obra: qual a importância e como criá-lo?

cronograma de obra
3 minutos para ler

Um dos maiores desafios para quem trabalha em obras é oferecer um prazo específico aos clientes. Por ser um serviço de longo prazo, muitas coisas podem acontecer no meio do caminho, dificultando a entrega de uma previsão. Uma boa forma de compensar isso é elaborar um cronograma de obra.

Como o nome diz, é um material que contém a lista de todas as atividades a serem desempenhadas dentro da obra, com seus respectivos prazos e condições. Isso dá aos profissionais uma noção um pouco melhor do tempo que será investido em cada processo.

Quer entender melhor o tema? Então, acompanhe as informações que preparamos!

Por que é importante fazer um cronograma de obra?

Durante a conversa com o cliente, é sempre necessário estabelecer um prazo limite para a obra, já que, quanto mais longa, mais recursos ela consome. Além disso, você precisa de um bom planejamento para conseguir otimizá-la.

Com o cronograma, é possível esclarecer ao cliente todas as etapas, quais fatores levam à duração prevista e como esse prazo pode ser alterado por conta de imprevistos.

Como montar um cronograma de obra?

Há alguns passos que você deve seguir para elaborar um cronograma eficaz. Veja aqui quais são eles.

Listar todas as atividades

Antes de começar a fazer qualquer planejamento, é necessário ter em mente as etapas da obra e as tarefas a serem cumpridas.

Isso inclui todas as atividades dentro do canteiro de obras, como a preparação do alicerce e o levantamento das paredes, assim como o trabalho de gestão, fornecimento de materiais e capacitação da equipe. Anote os itens em uma planilha ou aplicativo e deixe-os sempre acessíveis.

Verificar quais fatores influenciam em cada etapa

Como mencionamos, muitas coisas tendem a determinar o tempo de entrega de uma obra. Profissionais podem ficar doentes, fornecedores podem atrasar, o tempo pode virar e tornar o canteiro de obras pouco seguro etc. Esteja ciente desses fatores e leve-os em conta na hora de estipular as datas de entrega.

Estabelecer a ordem ideal das tarefas

Para cada atividade da obra, deve haver uma estimativa menor de prazo e uma ordem de execução. Tudo deve constar no cronograma, de modo a orientar o planejamento e estabelecer uma estimativa mais segura para os prazos.

Calcular o prazo médio e adicionar uma margem

Falando em prazos, agora é o momento de combinar suas estimativas com os fatores de risco que mencionamos.

Primeiro, some o tempo de execução de cada tarefa, verificando o que pode ser conduzido simultaneamente e estabelecendo um prazo. Em seguida, veja quais atrasos você espera ter na melhor e na pior das hipóteses, adicionando uma margem de erro às suas estimativas.

Conversar com o cliente e aprovar o planejamento

Por fim, você precisa levar todas essas informações ao contratante, explicando o que fez com que chegasse ao modelo final do cronograma. Ter todos os fatores e o embasamento vai ajudar bastante na hora de lidar com clientes desafiadores, que exigem sempre algo mais próximo do ideal.

Agora que você tem essas dicas, pode montar um cronograma de obra mais eficiente e prestar um serviço com qualidade. E se quiser continuar se aprimorando, siga-nos no LinkedIn, no Twitter e no Facebook. Essa é uma ótima forma de ficar sempre por dentro das novidades.

Cadastre seus serviçosPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

2 thoughts on “Cronograma de obra: qual a importância e como criá-lo?

    1. Olá, Rosa!

      Sou a Thalita, aqui do GetNinjas 😉

      Que legal que você gostaria de fazer um pedido com a gente!!!

      Nesse link aqui, você consegue preencher o pedido de sua escolha: https://www.getninjas.com.br/

      Eai, vamos juntos nessa?

      Qualquer dúvida, pode contar comigo!
      Abraços 🙂

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.