Dicas para otimizar o uso do e-mail marketing

3 minutos para ler

E-mail marketing é uma forma de contatar clientes de maneira ágil e direta por meio do correio eletrônico. O conteúdo pode ser dos mais variados: anúncios, newsletters ou convites. Infelizmente, a aplicação irregular e irrestrita desta ferramenta fez com que o seu uso ficasse associado à prática do spam, que são mensagens indesejadas e desagradáveis que chegam a todo instante nas caixas de entrada.

Diferente destas, o e-mail marketing é uma ferramenta legal, aprovada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, e que conta, entre outras coisas, com o consentimento do cliente para o seu recebimento. Por isso, preparamos algumas dicas para que a sua empresa consiga extrair todo o potencial desta ferramenta.

  1. Dentro da lei – Pense em estratégias que estejam de acordo com o Código de autorregulamentação para a prática e-mail marketing. Isso não apenas demonstra o conhecimento legal da ferramenta,  como associa o nome da sua empresa ao uso ético do chamado Marketing Direto.

  2. Seja objetivo – A leitura de qualquer texto na internet hoje em dia é muito dinâmica; seleciona-se em poucos segundos se o texto é digno de leitura ou não. Por isso, defina que tipo de material enviar (promoção, liquidação, etc) e deixe isso claro já no assunto. Despertar a curiosidade, usar perguntas e abusar da criatividade são formas para manter a atenção do leitor.

  3. Frequência – A regularidade com que as mensagens são enviadas podem interferir diretamente no resultado esperado. O ideal é que a mensagem não se torne um incômodo para o cliente, a ponto dele chegar a cancelar a assinatura. É interessante também pensar em e-mails personalizados para datas comemorativas, entre elas, o aniversário do cliente. Esta prática torna a empresa presente em momentos especiais e é vital para estreitar as relações com o consumidor.

  4. Além do anúncio  – Engana-se quem pensa que o e-mail marketing é apenas mais uma via para anunciar e vender. Ele é um instrumento que também permite extrair dados de clientes e, a partir disso, traçar planos específicos. Por meio da análise dos links mais clicados, por exemplo, pode-se segmentar o público-alvo, criando campanhas verticalizadas.

  5. Evitando bloqueios – Antes de enviar o e-mail marketing para a sua lista de clientes, realize testes com os principais provedores de e-mails, a fim de verificar se a mensagem desenvolvida pela empresa possui algum elemento que possa ser bloqueado. Geralmente, os filtros destes sistemas barram textos com títulos muito genéricos, como “promoção”, “clique aqui” e “urgente”.

  6. Amplie a rede – O e-mail marketing pode ser a porta de entrada para que o cliente estabeleça vínculos mais fortes com a empresa. Por isso, não deixe de destacar nas mensagens enviadas os outros canais existentes, como site, blog e redes sociais. E para que o e-mail marketing não seja encarado como uma ferramenta isolada, mantenha nele toda a identidade visual presente nos outros canais de comunicação.

  7. Serviço especializado – O trabalho com o e-mail marketing demanda certo tempo e atenção para que apresente bons resultados. Por isso, a contratação de empresas que prestam este tipo de serviço pode ser uma boa alternativa. No site GetNinjas.com.br você encontra profissionais especializados em marketing online e-mail marketing.
Você também pode gostar

0 thoughts on “Dicas para otimizar o uso do e-mail marketing

Deixe um comentário