Afinal, o que é Gig Economy e como se destacar nesse mercado?

gig economy
3 minutos para ler

A forma como clientes e profissionais se relacionam tem mudado bastante nos últimos anos. Mais do que nunca, a demanda por flexibilidade faz com que as relações de trabalho sejam mais fluidas, com cada vez menos relevância para o vínculo empregatício direto. Essas mudanças deram origem ao que conhecemos como Gig Economy.

Para aqueles que estão passando por uma mudança de carreira, é bem provável que já tenham encontrado essa nova economia, mesmo sem conhecer o termo. Se você é um prestador de serviços (contador, pedreiro, motorista, revisor etc.), precisa se adaptar à nova forma de trabalho para se destacar.

Quer entender como fazer isso? Então, acompanhe e confira as nossas orientações!

O que é Gig Economy e por que tem crescido tanto?

O termo “gig” tem origem em um jargão do jazz que é usado quando uma banda consegue um trabalho. Hoje, essa economia diz respeito aos trabalhadores autônomos, que encontram as próprias oportunidades e, geralmente, não apresentam um vínculo empregatício com o contratante. Por isso, ela também é chamada de “economia sob demanda”.

Com os empregos formais diminuindo e a ênfase no empreendedorismo como forma de crescimento, é esperado que mais profissionais adotem esse estilo de trabalho. Trata-se da melhor estratégia de adaptação às novas demandas do mercado, especialmente para empreendimentos com demanda instável.

Como se destacar nesse mercado?

Quem deseja se tornar esse profissional do futuro precisa tomar atitudes para obter destaque entre os concorrentes e captar mais clientes. Veja algumas dicas que podem ajudar.

Cadastre-se em plataformas de contratação de serviços

O primeiro passo para fazer parte da Gig Economy é ser encontrado. Sem isso, você não vai conseguir fechar negócios e manter seu trabalho como autônomo. Se está à procura de algum auxílio nesse ponto, as soluções GetNinjas podem ser aliadas para encontrar novas oportunidades de trabalho.

Invista em captação de novos clientes

Claro, não basta ter uma plataforma, um telefone ou e-mail de contato e esperar que o resto se resolva por conta própria. Você precisa correr atrás de novos clientes, anunciando seus serviços, buscando recomendações e fidelizando o público. Só assim conseguirá uma renda razoável e estável nesse estilo de trabalho.

Formalize seu negócio

Um dos erros mais comuns nesse tipo de empreendimento é o excesso de informalidade. É verdade que, hoje, você não precisa de um escritório necessariamente, mas ainda é importante ter um CNPJ e estar em dia com suas obrigações fiscais. Isso transmite mais credibilidade para o cliente.

Foque em bom atendimento

Por fim, mas não menos importante, tenha certeza de atender muito bem cada cliente e deixá-los satisfeitos com o seu trabalho. Em longo prazo, isso é o que mais ajudará na fidelização e no crescimento do seu empreendimento.

Agora que você já entende melhor a Gig Economy, é hora de começar a ganhar espaço nesse novo meio. Com um pouco de preparo e persistência, é possível ter mais sucesso do que jamais conseguiria no mercado tradicional.

Nosso trabalho é muito dinâmico, por isso, é preciso acompanhar todas as novidades. Para isso, curta a nossa página no Facebook!

Cadastre seus serviçosPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Um comentário em “Afinal, o que é Gig Economy e como se destacar nesse mercado?

Deixe um comentário