Os tipos de madeira mais indicados para construção e decoração

madeira construção
6 minutos para ler

O uso de madeira na construção e na decoração está cada vez mais comum. Essa escolha tem se mostrado uma excelente alternativa para pessoas que querem ter uma estrutura sólida, durável, resistente e segura, que garanta diversos benefícios.

Além disso, no âmbito decorativo, esse material pode ser uma boa pedida, já que deixa o ambiente com um ar muito mais aconchegante, sofisticado e cheio de estilo.

Mas como saber quais são os tipos de madeira indicados para a construção e a decoração de ambientes? Considerando que há muitas opções no mercado, separamos algumas dicas para te ajudar a fazer a melhor escolha.

Continue a leitura e confira!

Quais são as vantagens de usar madeira na construção?

A função da madeira na construção vai além de apenas garantir estilo para o ambiente. Afinal, esse recurso tem diversas outras vantagens, tanto para o profissional que o emprega em seus trabalhos quanto para os clientes. Veja os principais pontos a favor.

Maior resistência

A madeira é capaz de resistir a esforços de tração e de compressão, o que garante uma excelente resistência nos mais diversos contextos. Ela tem uma massa volumétrica baixa que resulta em uma grande resistência mecânica.

A madeira também tem uma resistência à compressão semelhante ao concreto, por exemplo, mas se avaliarmos a resistência à flexão, ela consegue se destacar até dez vezes mais.

Além disso, a madeira não se desfaz quando passa por choques bruscos que podem, porventura, provocar danos. E, claro, esse tipo de matéria-prima é muito versátil por ter diversas aplicações.

Isolante térmico e acústico

A madeira se destaca por ser um isolante natural, acústico e térmico para os ambientes, permitindo uma boa economia de energia no uso de aparelhos de climatização artificial.

Se você deseja construir uma casa em uma região onde o clima tende a ser mais frio, a madeira pode ajudar a aquecer o espaço e proteger os moradores do frio intenso.

O contrário também é válido: se você está construindo uma casa em um ambiente muito quente ou em uma região de muito calor, é comum que o interior da construção fique mais fresco, melhorando a qualidade de vida.

O isolamento acústico também é uma realidade e minimiza a presença de ruídos externos em casas ou salas de grandes centros. Isso garante, mais uma vez, o bem-estar das pessoas.

Segurança

Outro fator que transforma a madeira em uma excelente alternativa é a segurança. O material tende a ser muito mais resistente a deformidades causadas pelo fogo, ao choque e outros tipos de impactos físicos, se comparado a outros recursos.

Durabilidade

A durabilidade da madeira é algo inquestionável, principalmente se for tratada corretamente. Componentes preservados podem ser vistos em esculturas antigas, embarcações, utensílios domésticos, armas e até em instrumentos musicais. Isso mostra que itens feitos com o material podem durar por muitos anos.

Quais são as madeiras mais indicadas para construção?

Para construir uma casa ou estruturas em madeira, é preciso ficar atento ao tipo de material utilizado.

Existem espécies que podem ser empregadas tanto interna quanto externamente. Para fazer uma boa escolha, é preciso conhecer a fundo cada uma dessas opções e entender como elas atuam em diferentes situações.

Uso externo

O uso externo de madeiras em construções exige alternativas que lidem bem com impactos e interferências naturais, como chuva, sol, vento e outros fatores com potencial para estragar ou enfraquecer uma estrutura.

Para uso em áreas desprotegidas, a fim de garantir a durabilidade de toda a estrutura, as melhores alternativas são Teca, Peroba, Ipê e Itaúba. Esses tipos de madeira são mais resistentes e proporcionarão — tanto ao cliente quanto ao profissional responsável pela execução — muito mais tranquilidade e segurança.

Uso interno

O uso interno pode abranger o Rosadinho, a Itaúba, o Eucalipto e a Peroba-rosa. É importante ter em mente o papel da madeira nas áreas internas da construção. Afinal, essas espécies garantem um melhor isolamento térmico e permitem que os clientes consigam conviver bem com o material.

No caso da construção de uma casa ou do uso da madeira em pisos, por exemplo, é preciso sempre considerar alternativas mais fáceis de limpar e de manter saudáveis. Assim, é possível aumentar a vida útil desse tipo de estrutura, bem como garantir mais satisfação e praticidade para os clientes.

Quais são as madeiras mais usadas na decoração?

O uso de madeiras em projetos de interiores está crescendo cada vez mais. Se o seu foco é trabalhar com a construção de móveis e itens decorativos a partir desse material, a dica é acompanhar perfis de decoração no Instagram e ver quais são as tendências.

O uso de Pinus, por exemplo, está na moda e dá um charme diferenciado ao ambiente. Hoje, é comum encontrarmos diversos tutoriais de como criar estruturas e itens decorativos feitos com esse tipo de madeira.

Além disso, o Pinus agrega valor na criação dos itens decorativos e móveis: é uma opção ecológica e sustentável, sendo a melhor alternativa para consumidores que querem construir um espaço que esteja alinhado com as causas ambientais.

A madeira de demolição é outra opção usada no décor e pode ser uma excelente alternativa em diversos projetos. Ela também se beneficia com o argumento de venda relacionado à sustentabilidade, já que evita a derrubada de novas árvores para construir móveis e estruturas. O diferencial, portanto, está em reaproveitar uma matéria-prima extraída há tempos.

Para completar, a madeira de demolição também tem um visual diferente e característico, marcado pelo desgaste do material ao longo dos anos. Isso garante charme e aconchego para ambientes que querem reforçar o rústico e a beleza desse recurso natural.

O uso de madeira na construção e na decoração promove vários benefícios. Se você trabalha como prestador de serviços e quer oferecer um atendimento diferenciado aos seus clientes, a dica é se manter atualizado a respeito das tendências e dos benefícios de cada tipo de madeira. Assim, poderá apresentar argumentos válidos e realmente enriquecedores para o público.

Você gostou deste conteúdo? Que tal compartilhar com seus contatos nas redes sociais?

Você também pode gostar

Deixe um comentário