Obra em condomínio: quais são as regras ao reformar apartamento?

Obra em condomínio
3 minutos para ler

Planejar e executar uma obra é sempre uma tarefa difícil, por menor que seja. Quando isso ocorre em um prédio, então, surgem novas dificuldades. Além de todas as regras comuns para a execução dessas tarefas, ainda há uma série de normas envolvidas na condução de uma obra em condomínio.

Apesar de obrigatórias, muitas dessas normas não são bem esclarecidas ao público. E se você começar um serviço sem estar ciente disso, pode acabar cometendo algum erro grave e até receber um processo. Assim, para se proteger e evitar problemas, é melhor seguir todas as regras.

Buscar informação é um bom primeiro passo. Para ajudar você com isso, trouxemos alguns pontos importantes para ter em mente. Acompanhe.

Conheça a Norma Reguladora 16280

A NR 16280 é a mais importante no que diz respeito às normas para obras em condomínios. De forma simples, o texto dela estipula que todo e qualquer serviço realizado dentro do condomínio, seja em área de uso comum, seja dentro dos apartamentos, deve ser aprovado pelo síndico.

E também que, em alguns casos, deve ter a aprovação de um arquiteto ou engenheiro civil, envolvendo uma visita técnica. Isso significa, dentre outras coisas, que o projeto pode ser recusado.

Respeite as regras internas do condomínio

Isso costuma estar incluído no cumprimento da NR 16280, mas é sempre bom lembrar que, mesmo quando a obra só afeta o apartamento do morador, todo o projeto de obra deve seguir as regras internas do condomínio.

O conjunto envolve coisas como: respeitar o horário de silêncio, não ocupar determinadas áreas com material e minimizar o impacto no cotidiano de outras pessoas, mesmo que se trate apenas de reparos domésticos.

Garanta a segurança do processo

Naturalmente, ao realizar uma obra em condomínio, é necessário ter alguns cuidados extras com a segurança. Afinal, problemas que acontecem em um apartamento podem facilmente passar para os vizinhos.

Vazamentos, queda de detritos, toxinas, entre outras coisas, devem ser levadas em conta durante o planejamento para que você possa se preparar, evitar acidentes e notificar os demais moradores.

Cumpra o que foi definido com o síndico

O cumprimento de qualquer acordo é indispensável para um bom serviço. Afinal, como mencionamos, todo o projeto precisa ser aprovado pelo síndico antes de ser colocado em prática. Atender às exigências estabelecidas em contrato, além de cumprir qualquer outra cláusula estabelecida, é indispensável para preservar a sua reputação como profissional.

Faça o descarte correto do entulho

Por fim, planeje a retirada de entulhos que possam ser gerados durante a obra. Afinal, é esperada uma quantidade de resíduos em alguns tipos de serviços. Caso haja entulho para ser descartado, ele deve ser colocado do lado de fora do condomínio, em sacolas adequadas para a retirada pela prefeitura.

Com essas informações, você terá mais preparo para conduzir uma obra em condomínio. Lembre-se de que o importante para garantir um bom trabalho é conversar com o cliente e alinhar todos esses pontos com antecedência.

Quer conferir mais conteúdos relevantes? Veja agora algumas tendências de negócios lucrativos na construção civil.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.