Conheça os 7 passos para abrir uma clínica de estética

Mulher sendo examinada para um procedimento em clínica estética.
10 minutos para ler

Uma das ideias que se pode tirar analisando o nosso país é que apesar da crise e das dificuldades financeiras, o brasileiro valoriza a boa vida e o culto ao corpo. 

Por exemplo, o mercado da beleza, apesar da pandemia, não parou de crescer e agora que a situação está mais amena, as pessoas voltaram aos salões de beleza e às clínicas de estética para cuidar da saúde e da estética do corpo.

Leia mais: Qual a diferença entre um esteticista e um dermatologista?

Esse mercado é bastante rentável e as clínicas de estética são uma excelente opção para quem deseja empreender. Nesse sentido, entenda como montar uma clínica de estética em 7 passos.  

Como montar uma clínica de estética?

Antes de botar qualquer coisa para funcionar, é preciso fazer um planejamento ou um passo-a-passo ou, pelo menos, partir de uma ideia. Isso vale para tudo o que fazemos na vida. Ninguém acorda, levanta da cama e vai direto para a academia, por exemplo. 

Para chegar lá, foi preciso se matricular. Para se matricular, foi preciso ter força de vontade, verificar o orçamento, buscar vestimentas e tênis adequados e por aí vai. Ah, e até chegar à academia, foi preciso acordar, trocar de roupa, lavar o rosto e passar os produtos de beleza da manhã, tomar café, escovar os dentes e se deslocar até lá. Para dizer o mínimo. 

Todas essas ações fazem parte de um planejamento, mesmo quando executadas de forma automática. Por isso, listamos aqui um planejamento, em 7 passos, para ajudar você a abrir a sua clínica de estética

Passo 1: Plano de negócios

Primeiro passo, como não podia deixar de ser, é fazer um planejamento ou um plano de negócios para a sua clínica. Um plano de negócios é um documento com as principais informações para abrir uma empresa.

Além dos objetivo, missão, visão e valores, dê uma olhada no que deve constar em seu plano de negócios:

  • Análise de mercado:

Você precisa fazer uma boa pesquisa para analisar como está o mercado quanto aos serviços de estética e beleza no local onde você pretende abrir o seu negócio. 

Nessa pesquisa, você vai conseguir identificar seu público-alvo, ou potenciais clientes, como está a concorrência, possíveis fornecedores e quais serviços ou produtos são mais procurados e/ou podem ser oferecidos como diferenciais. 

Além do mais, é a análise de mercado que vai te orientar quanto à sua estratégia de marketing. 

  • Plano de marketing:

Esse plano contém as ações de marketing para alcançar e atender às necessidades dos seus clientes. Entram, aqui, ações de divulgação do seu negócio, ações de fidelização de clientes, ações de divulgação de novos serviços, entre outras. 

  • Plano de operação:

Depois do planejamento, o plano de operação descreve como colocar as ações em prática. Por isso, contém a estrutura do seu negócio: onde está localizado, instalação física, equipamentos e equipe de trabalho, se houver.

  • Plano financeiro:

Essa parte do plano diz respeito ao investimento inicial para abrir e manter sua clínica de estética. Aqui entram dados de contabilidade, como estimativas de custos iniciais, despesas, receita, capital de giro e fluxo de caixa. 

  • Análise de cenários:

Esse tipo de análise vai te ajudar a prever possíveis cenários a médio e longo prazo que podem afetar a sua clínica de estética, incluindo fatores externos, ou seja, aqueles que não dependem só de você.

  • Análise estratégica:

De acordo com a análise de cenários, é possível pensar e descrever estratégias interessantes para dar conta de eventuais perrengues. 

Leia mais: Saiba qual a importância de um plano de negócios

Passo 2: Tipo de empresa e documentação necessária

Para solicitar a abertura de qualquer tipo de empresa, você precisa reunir e entregar, ou enviar pela internet, alguns documentos. Só assim você poderá abrir um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, o CNPJ, e se inscrever na junta comercial da sua cidade.

Para isso, você precisará:

  • Definir o tipo de empresa que quer abrir;
  • Escolher o regime jurídico;
  • Escolher a atividade que consta na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). A 9602-5/02 é específica para as atividades de estética e outros serviços de cuidados com a beleza;
  • Determinar qual o regime tributário;
  • Em caso de sociedade, elaborar o Contrato Social;
  • Registrar a empresa na Junta Comercial de sua cidade;
  • Obter o alvará de localização e funcionamento;

No caso de uma clínica de estética, também é preciso obter o alvará da Vigilância Sanitária da sua cidade, o que significa incluir os seguintes documentos:

  • Alvará de autorização sanitária;
  • Comprovante de recolhimento dos resíduos perfurocortantes;
  • Registro de manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos; 
  • Registro de monitoramento da esterilização;
  • Manual de boas práticas;

Parece confuso? Fale com um contador aqui do GetNinjas para resolver esse tipo de burocracia e te ajudar a pensar na melhor opção de empresa para o seu caso. 

Ah, e se você quiser abrir um MEI, o processo é bem mais simples, mas entenda quais são as limitações deste tipo de empresa. 

Leia mais: Quem não pode ser MEI?

Passo 3: Local ideal para abrir uma clínica de estética

Saber qual o melhor local para abrir sua clínica de estética vai depender daquele estudo prévio feito na elaboração do seu plano de negócios, especialmente no que diz respeito ao seu público-alvo.

O ideal é achar um local por onde seus clientes em potencial circulam ou que seja de fácil acesso. Também é importante observar se há estacionamento no local ou próximo a ele. 

Além disso, é claro, verifique se o local está com a documentação em dia e se atende ao que é definido pela Vigilância Sanitária.

Leia mais: Quanto ganha um esteticista?

Passo 4: Estrutura da clínica de estética

Hoje em dia, o investimento em decoração e na criação de um espaço agradável está em alta. Não é por nada. As pessoas querem se sentir à vontade, especialmente quando estamos falando em procedimentos estéticos. 

Um arquiteto ou designer de interiores vai te dar excelentes dicas quanto à decoração, iluminação, cores e demais elementos que você tiver em mente. Aqui no GetNinjas, você encontra vários profissionais experientes para fazer da sua empresa a sua cara.

É preciso estar atento às determinações da Anvisa: procedimentos estéticos ou de embelezamentos devem ser realizados em uma área de 10m² com 2,50m de largura, no mínimo. 

Leia mais: Qual a diferença entre arquiteto e designer de interiores?

Passo 5: Equipamentos necessários para a clínica de estética

Criar uma estética agradável também tem a ver com os móveis e equipamentos que farão parte da sua clínica. 

A escolha dos equipamentos vai depender dos serviços que você vai oferecer.

Como vai ser mais uma despesa no seu orçamento, vale começar com os equipamentos essenciais, como:

  • Maca fixa;
  • Cadeira reclinável;
  • Armários;
  • Mesas auxiliares;
  • Geladeira para armazenamento de produtos;
  • Estufa para esterilização;
  • Lavadoras e secadoras de roupas;

Do mesmo modo, é importante pesquisar sobre as tecnologias disponíveis no mercado, relação custo e benefício conforme preços oferecidos pelos fornecedores localizados previamente no seu plano de negócios.

Conheça alguns desses equipamentos:

  • Aparelho de alta frequência;
  • Aparelho de carboxiterapia;
  • Aparelho de radiofrequência para emagrecimento;
  • Manta térmica;
  • Ultrassom;
  • Caneta diamantada;
  • Vapor de ozônio;
  • Aspirador de secreções;
  • Aparelho para peeling;

Antes de sair comprando, vale a pena pesquisar sobre a qualidade dos equipamentos e produtos. Ao navegar pelo Google, você já consegue descobrir muitas coisas, inclusive pelas avaliações dos consumidores. 

Leia mais: Saiba como esterilizar os materiais de manicure?

Passo 6: Equipe de trabalho

Você não precisa, necessariamente, formar uma equipe de trabalho para abrir sua clínica de estética. Isso vai depender do seu objetivo, do tipo de empresa escolhida etc. 

Por exemplo, você pode começar como MEI, que permite a contratação de 1 funcionário, e mudar para outro tipo de empresa, mais para a frente, conforme avaliação do resultado do seu trabalho.

Mas se a proposta é atender um grande número de clientes, já de início, vale a pena investir em profissionais qualificados, comprometidos e com valores alinhados aos seus. Em suma, não basta fazer uma excelente drenagem linfática se seu cliente for mal atendido pela recepcionista ou vice-versa. 

Também é importante saber que somente os esteticistas, cosmetólogos e técnicos em estética com formação acadêmica de curso técnico ou superior na área, em instituições de educação reconhecidas pelo MEC, têm o direito legal de exercer a profissão. 

Mulher examinando a outra.

Portanto, não esqueça de levar isso em consideração, quando for montar a sua equipe de trabalho. 

Leia mais: Guia do profissional: Esteticista

Passo 7: Estratégias de divulgação do seu negócio

Com a clínica de estética montada, agora é preciso botar a boca no trombone, ou seja, se apresentar para o seu público-alvo. Mas com tanta concorrência assim no mercado, como fazer isso?

De fato, hoje em dia, você encontra praticamente qualquer coisa usando os mecanismos de pesquisa da Internet, como o Google, o Bing, o Yahoo! e assim por diante. Basta colocar o nome do que você quer e voilà. E não é só isso. Geralmente aparecem várias opções.

Isso acontece porque a grande maioria das empresas ou de profissionais autônomos divulga seus produtos ou serviços pela Internet no que chamamos de Marketing digital. 

Não é porque você tem uma clínica de estética localizada em um determinado bairro de uma cidade que você não pode fazer propaganda online do seu negócio. Ao contrário. Você pode e deve usar a internet para promover seu negócio. É para isso que serve seu plano de marketing, estabelecido no seu plano de negócios. 

Entenda um pouco mais sobre seu público-alvo. Descobriu que ele está mais presente no Instagram e no TikTok, utilize essas redes para divulgar seu serviço e mostrar sua marca. Faça um blog com conteúdos mais extensos e novidades na área para mostrar seu conhecimento e se tornar autoridade no assunto.

Assim, que os clientes potenciais forem te encontrando e te seguindo, você vai abrindo sua rede. Eles também podem te ajudar na divulgação, ao compartilharem suas publicações.

Só não deixe a sua rede de lado. Vale manter uma frequência de publicações, estabelecer um calendário de posts, e até responder os comentários e avaliações, quando for o caso. E não esqueça de deixar seus contatos visíveis para efetivamente fechar negócios.

Agora, se você for um profissional da área e pensa em abrir uma clínica de estética, faça seu cadastro aqui no GetNinjas para oferecer seus serviços. Por outro lado, se estiver à procura de esteticistas, busque no nosso site

Você também pode gostar

Deixe um comentário