3 soluções que vão ajudar a economizar água e reduzir a conta

economizar água
3 minutos para ler

No dia a dia, você deve sempre pensar em formas de reduzir o consumo de água e energia elétrica. Afinal, esses recursos estão entre as principais fontes de gastos no seu orçamento mensal. Economizar água, em especial, é muito importante para poupar dinheiro e ter uma casa mais amigável ao meio ambiente.

Muitos de seus clientes provavelmente já adotaram hábitos para economizar água. Porém, para ter um benefício mais visível, você precisa investir em mudanças estruturais e em pequenas reformas, especialmente quando se trata de um prédio ou condomínio.

Que tal conhecer algumas soluções para indicar em seus futuros serviços? Veja agora quais ajudam a economizar água.

1. Válvulas redutoras de vazão

Em um prédio, a caixa d’água costuma ficar no topo, fazendo com que a pressão chegue a todos os apartamentos. Porém, isso também significa que, dependendo do tamanho do edifício, alguns dos andares terão uma pressão muito alta.

Assim, pode haver o comprometimento de certos componentes, desde as torneiras até o encanamento. O resultado é que, com o tempo, os problemas hidráulicos, como vazamentos, serão muito frequentes e exigirão mais reparos domésticos.

Uma solução é a instalação de válvulas redutoras de vazão. São dispositivos que contêm parte da pressão antes que ela chegue aos apartamentos. Dessa forma, ela não ficará acima do limite estabelecido pelo fabricante dos equipamentos.

2. Bloqueadores de ar no hidrômetro

Os canos, além da própria água, também podem carregar outras substâncias, como o ar. E se um volume considerável passar pela válvula do hidrômetro, a ponto de girá-la, você será cobrado. Nesse ponto, a questão não é apenas economizar água, mas garantir que apenas o consumo dela será cobrado.

Para isso existem os bloqueadores de ar, pequenas peças que são colocadas na entrada dos hidrômetros e impedem que o ar do encanamento seja forte o bastante para ser cobrado. É um pequeno investimento que compensa bastante em longo prazo, independentemente do perfil do cliente.

3. Sistemas de reaproveitamento de água da chuva

Se for tratada da forma adequada, a água que cai com a chuva também pode ser consumida normalmente. Basta ter um sistema específico para coletá-la. Por exemplo, ao criar uma cisterna de reaproveitamento, a água captada nas calhas é levada a um aparelho de filtragem e depois colocada direto na caixa do edifício.

É bom lembrar que, para que essa solução funcione, você precisa investir em um sistema de cisterna de qualidade. Não adianta só juntar algumas peças que não encaixam direito, sem pensar nas ferramentas, e esperar que tudo dê certo. Se for assim, é bem provável que a água suja passe para a caixa.

Com essas dicas, você já pode dar os primeiros passos para ajudar seus clientes a economizar água em suas casas. Cada um dos investimentos terá valido a pena em longo prazo, tanto para o bolso das pessoas quanto para o bem do meio ambiente.

E se você quiser encontrar mais serviços, cadastre-se pelo aplicativo do GetNinjas e veja como podemos te ajudar.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.