Qual a diferença entre massoterapeuta e quiropraxista

9 minutos para ler

Durante a busca por um profissional especializado em promover a saúde e qualidade de vida do corpo, é possível surgirem dúvidas sobre a diferença entre a técnica de massoterapia e quiropraxia.

Embora possuam muitos pontos em comum com relação aos resultados esperados no corpo do cliente, esses métodos de massagem possuem algumas diferenças na formação e aplicação do método.

Por este motivo, antes de buscar por um profissional, continue a leitura, pois, preparamos um conteúdo especial para que você entenda qual é a técnica mais indicada para o seu caso!

O que faz um massoterapeuta?

Considerada como uma técnica natural, a massoterapia busca o bem-estar físico do paciente por meio da estimulação da circulação sanguínea e oxigenação, levando a uma maior flexibilidade do corpo.

O massoterapeuta é responsável por utilizar-se de recursos terapêuticos para proporcionar o relaxamento da musculatura, a fim de reduzir o foco de tensão ou até mesmo recuperar condições físicas graves em diversas regiões do corpo do paciente.

A massoterapia tem como principal objetivo eliminar todo o estresse causado no dia a dia. Essa técnica não é vista como um tratamento, pois, não são exigidos exames prévios para estudar o histórico clínico da pessoa.

Na técnica de massoterapia, o profissional pode usar diversas técnicas, cada uma com uma finalidade. A massagem de relaxamento é feita com as mãos e tem como intuito diminuir a ansiedade e o estresse.

Já a massagem desportiva, além das mãos, o massoterapeuta também utiliza equipamentos para aliviar o atrito entre os músculos e os tendões. Outra técnica utilizada com frequência pelos profissionais é a massagem estética.

Neste procedimento, além de proporcionar o bem-estar ao paciente, o profissional tem como objetivo diminuir ou adiar as tão temidas rugas, manchas e diversos sinais da idade que incomodam algumas pessoas.

Mesmo que o método busque por benefícios estéticos, existem diversos pontos positivos como a melhora na circulação, inflamações, equilíbrio de líquidos e gorduras corporais e, consequentemente uma melhora na saúde, bem-estar e autoestima.

Portanto, o massoterapeuta deve ser procurado caso a necessidade seja apenas o relaxamento de tensões. Para realizar esse trabalho, o profissional atua nos tecidos moles (músculos e tendões) que geram dor para aliviar os sintomas do paciente.

Onde pode atuar

O massoterapeuta pode atuar em diversos ambientes que fornecem serviços ligados à saúde do corpo, assim como: clínicas de estética, academias de ginástica, spas, clubes esportivos, centros de reabilitação física ou ainda atuar como autônomo através da prestação de serviços para empresas e organizações.

Caso opte por atuar como autônomo, é importante que o profissional reserve uma sala equipada para que seja possível a realização de procedimentos nos pacientes.

Quais cursos precisa

Para se tornar um profissional especializado na área, é preciso realizar cursos de massoterapia, pois, estas formações oferecem estudos relacionados a anatomia do corpo e diversas técnicas de massagem.

Durante o curso, o futuro massoterapeuta irá aprender diversas técnicas de massagem laboral e desportiva, massagem modeladora, reflexologia, aromaterapia, drenagem linfática, massagens orientais e ainda algumas técnicas de quiropraxia.

O que faz um quiropraxista?

A técnica de quiropraxia é indicada para pacientes com dores lombares ou cervicais, hérnia de disco, dores no nervo ciático, entre outros problemas. 

Antes de determinar qual é o melhor tratamento, o quiropraxista busca realizar uma entrevista para entender o histórico para entender qual é o real problema enfrentado pelo paciente.

Para identificar esta disfunção, o profissional solicita diversos exames de imagem, tais como raios-x e ressonância magnética, com o objetivo de tratar e prevenir possíveis complicações do neuro-músculo-esquelético.

Por meio do tratamento, o profissional busca promover diversos benefícios ao paciente, sendo: um melhor equilíbrio energético do corpo, sensação de bem-estar e alinhamento das vértebras, por meio de reparo nas articulações do paciente. 

Considerada como uma técnica mais completa, a quiropraxia pode ser aplicada em diversos casos e tem como objetivo tratar condições ligadas a desarticulação da coluna e correção de disfunções corporais, levando também ao alívio de sintomas.

Sendo assim, a quiropraxia tem como objetivo o diagnóstico, tratamento e prevenção de problemas relativos ao sistema neuro-músculo-esquelético, assim como as disfunções na coluna e outras regiões do corpo.

Para resolver estes transtornos no paciente, o profissional atua no realinhamento das subluxações da coluna, para recuperar o equilíbrio da região e, consequentemente, a comunicação mais direta com o sistema nervoso.

Dessa forma, o quiropraxista trabalha mais especificamente na parte de ossos e nervos, para eliminar problemas que podem aparecer com frequência em diversas partes do corpo e gerar desconforto.

Onde pode atuar

Dores na coluna ou no sistema nervoso são comuns e cada vez mais frequentes na população. E, por conta dessa demanda cada vez mais crescente, o mercado de trabalho possui muitas oportunidades para o quiropraxista.

O profissional especializado em quiropraxia pode atuar em consultórios particulares, clínicas multidisciplinares, hospitais, clubes esportivos e academias. 

Quais cursos precisa

Para se formar na área, o futuro profissional pode realizar cursos sobre quiropraxia que envolvam noções básicas da anatomia humana, fisiologia, funcionamento do organismo, entre outros.

Você sabia que o curso de quiropraxia tem duração de 5 anos e é reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC desde 2005?

Ao longo do curso, o estudante irá aprender técnicas de alinhamento de vértebras da coluna, tratamento para problemas crônicos do corpo e ainda irá passar por matérias teóricas que envolvem o conhecimento sobre aparelhos necessários para a aplicação do tratamento em pacientes.

Após a conclusão da formação, o profissional recebe um certificado verificado previamente pela Associação Brasileira de Quiropraxia – ABQ. E, com este comprovante, o futuro quiropraxista tem a permissão de exercer a profissão e atender os primeiros pacientes. 

Além do curso, o profissional também pode buscar por especializações extras caso tenha interesse. Atualmente, diversas instituições oferecem cursos dedicados exclusivamente a técnicas da área. 

Entretanto, é preciso que, antes de começar os estudos, o profissional avalie se o curso é reconhecido pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional -Coffito.

Quais as principais diferenças entre eles

No decorrer do curso de massoterapia, o estudante também aprende técnicas de quiropraxia. Isso acontece porque ambas as técnicas são complementares entre si e funcionam em conjunto.

Entretanto, é válido reforçar que, cada um destes métodos possuem propósitos diferentes.

Enquanto a massoterapia é uma técnica que busca relaxar as tensões musculares através da liberação de tecidos moles para redução da dor, a quiropraxia é um tratamento específico e mais abrangente indicado para promover a correção de disfunções e problemas na coluna.

Outra diferença entre estes procedimentos terapêuticos é a que a massoterapia é utilizada como uma das técnicas utilizadas no alívio dos sintomas. 

Já a quiropraxia é um tratamento mais completo e abrangente para tratar problemas no sistema neural e esquelético do paciente, de forma agir na correção da postura e ainda no alinhamento da mobilidade.

Afinal, como vimos, na quiropraxia o profissional procura compreender o histórico do paciente através de exames antes da aplicação da técnica, como forma de analisar o real problema para atuar diretamente na solução.

Portanto, a combinação das duas práticas irá beneficiar o paciente, de modo a reduzir os indícios de dor e possíveis disfunções corporais. Mas, cada uma possui um objetivo diferente.

Sendo assim, antes de escolher a técnica e iniciar o tratamento, busque se certificar de que o profissional é qualificado e capaz de te direcionar para o procedimento que irá tratar o seu problema da melhor forma.

Quais pontos têm em comum

Ambos os procedimentos buscam proporcionar uma melhora na qualidade de vida e saúde das pessoas e atuam diretamente no corpo humano para o tratamento de problemas de saúde.

Outro ponto em comum envolve as opções de tratamentos naturais sem o uso de medicamentos que servem para resolver dores físicas em diversos campos do corpo. Tanto na massoterapia quanto na quiropraxia, os profissionais utilizam as mãos como instrumento para a execução da técnica.

Além de não possuir a necessidade da inclusão de medicamentos, os dois tratamentos não envolvem técnicas dolorosas e agem de maneira imediata sobre o organismo do paciente, com a finalidade de reduzir a dor.

Tanto a massoterapia quanto a quiropraxia auxiliam a melhorar todas as disfunções corporais, restaurar o equilíbrio do corpo e ainda promover práticas saudáveis para identificar alguma possível disfunção e solucioná-la por meio de técnicas em pontos específicos músculos do corpo

Para obter certeza sobre qual tipo de procedimento é o mais indicado para você, busque um profissional capacitado e que esteja preparado para tirar todas as suas dúvidas para entender qual é a melhor técnica ou solução para o seu problema.

Esperamos que este conteúdo tenha tirado todas as suas dúvidas sobre o que faz um massoterapeuta e um quiropraxista, onde estes profissionais podem atuar, qual a formação necessária, quais as principais diferenças e até mesmo pontos em comum entre as duas técnicas.

Se você deseja testar estes procedimentos, aqui no Getninjas conectamos quem precisa com quem sabe fazer e você encontra diversos profissionais capacitados em todo o Brasil para te ajudar!

E se você é massoterapeuta ou quiropraxista e quer encontrar cliente, faça o seu cadastro na nossa plataforma! 

Você também pode gostar

Deixe um comentário