Sushi engorda? dicas para comer sem culpa

2 minutos para ler

Existem vários tipos diferentes de sushi, como já mostramos aqui, cada um com sua particularidade e alguns mais calóricos que outros. Os sushis aparentam ser super saudáveis, mas podem acabar levando a dieta por água abaixo. Isso depende de alguns ingredientes que podem transformar o sushi em verdadeiras bombas calóricas.

tipos-de-sushi

Peixes, algas e legumes são ótimas opções para uma dieta saudável, pois são ricos em proteínas, ômega 3, fibras, vitaminas e minerais. Mas, devem ser consumidos na quantidade certa.

Entre os tipos de sushi, o temaki é um dos mais calóricos, variando de 145 kcal a 356 kcal, dependendo do recheio. Em seguida o hot roll que, por ser frito, acaba sendo uma versão menos saudável e pode variar de 72 kcal a 90 kcal. O Sashimi está entre os menos calóricos, variando de 18 kcal a 23 kcal apenas, dependendo do tipo do peixe escolhido, como polvo, salmão ou atum. Já, o hossomaki, aquele sushi mais característico, pode variar de 19 kcal (pepino) a 34 kcal (salmão).

Como a maioria dos brasileiros estão acostumados a temperos mais fortes, muito abusam do shoyo e isso pode ser muito perigoso, pela grande quantidade de sódio que o molho contém. 100 ml de molho shoyo, tem em média 53 kcal e 780 mg de sódio!

Portanto, a dica é não exagerar na quantidade, preferir as versões cruas, cozidas ou grelhadas, evite as fritas. Aposte na proteína dos peixes, ótimo para o processo de emagrecimento e construção muscular, o sashimi é uma boa opção nesse caso. Não esqueça também de diminuir a quantidade de shoyo, pois ele pode provocar retenção de líquido e nos deixar inchados. Uma dica é trocar o shoyo por limão ou misturar um pouquinho de água no shoyo, para ele ficar mais suave.

Se você precisa de auxílio para mudar seus hábitos alimentares, no GetNinjas você encontra nutricionistas, solicite um orçamento e receba o contato de até 7 profissionais na sua região.

Você também pode gostar

Deixe um comentário