Como vender mais usando o e-mail marketing

pessoa usando um notebook. Na tela há uma imagem de um envelope aberto
10 minutos para ler

Entenda como o e-mail marketing pode transformar o seu negócio

O mundo empreendedor percebeu o potencial de vendas dentro da internet, e o e-mail marketing é uma excelente alternativa. 

Atualmente, principalmente, o mundo das publicidades, propagandas e anúncios está em alta. É comum que um empreendedor esteja familiarizado com termos como mídias sociais, Instagram, conteúdos orgânicos, peças patrocinadas.

Mas é preciso olhar além dos banners, outdoors, panfletos, cartazes, Instagram, Twitter, Pinterest e todas as infinidades de redes sociais.

Em alguns momentos, as vendas do seu negócio podem parecer paradas e, independente dos seus esforços de divulgação da marca, a coisa pode não andar.

A utilização de um meio de comunicação diferente pode potencializar seus resultados. O aproveitamento do e-mail pode ser uma ótima estratégia.

Uma pesquisa feita pela Direct Marketing Association mostrou que uma campanha feita por e-mail marketing pode gerar até 4000% de retorno sobre o investimento (ROI).

Então, para você saber como começar a utilizar, preparamos esse conteúdo. Leia até o final e saiba como consolidar uma estratégia de e-mail marketing no seu negócio.

O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing, que também pode ser chamado de publicidade por correio eletrónico, é o que o nome afirma.

Significa utilizar do meio de comunicação e-mail para gerar um marketing direto para o seu negócio, com o objetivo de criar e nutrir relacionamento com o cliente e, consequentemente, gerar mais vendas.

Mas, como tudo na vida, existem algumas regras, procedimentos e técnicas que você deve respeitar e irão proporcionar melhores resultados. 

Além disso, também é importante fazer uma análise e gerar relatórios para acompanhar os resultados das campanhas. Nesse sentido, o e-mail é capaz de gerar, nutrir e fidelizar seus leads.

Por que é importante enviar email?

No senso comum, existe uma falsa percepção que o e-mail marketing tornou-se ultrapassado. Entretanto, essa previsão não poderia estar mais errada.

Uma pesquisa feita pela Campaign Monitor, mostrou que uma campanha de e-mail bem estruturada pode ser até 40 vezes mais eficiente para converter novos clientes do que campanhas em outras redes sociais, como Facebook ou Twitter.

E, quando olhamos para o futuro, esses resultados são ainda mais positivos.

Um estudo feito pela Radicati mostrou que, até 2024, o número de usuários de e-mail deve crescer para 4,4 bilhões e a quantidade de e-mails enviados pode ultrapassar os 361 bilhões.

Muita coisa, né? Isso acontece porque o e-mail permanece como um dos principais meios de comunicação da população. E, um local movimentado, é um local que deve ter marketing do seu negócio.

Vendas via email marketing

A estratégia do e-mail pode ser utilizada para diferentes momentos: e-mails automatizados, e-mails de geração de boleto, e-mail de cadastro realizado, e-mail de ofertas, newsletter, e por aí vai.

Mas, ao falarmos de vendas, falamos, principalmente, de e-mail marketing com ofertas, anúncios e propostas. Para construí-los, é importante entender algumas informações essenciais. 

Para quem enviar?

Dentro da venda, tudo que a gente escreve deve ter um objetivo e um público. Afinal, para realizarmos o convencimento da compra, precisamos conhecer bem quem estamos falando, para que, assim, a pessoa consiga ser persuadida.

Isso quer dizer que, se você está divulgando seus produtos ou serviços, é natural que você envie e-mails para possíveis compradores dos seus produtos ou serviços.

Por isso, aqui está sua resposta: seu público-alvo. Essas serão as pessoas que receberão seus e-mails, envolvendo novos leads, leads encaminhados, clientes rotineiros, clientes fidelizados e mais.

Mas você pode estar se perguntando como ter esses e-mails e, para isso, é necessário criar e alimentar uma lista de e-mails.

Ela pode ser coletada de diferentes maneiras, como um panfleto na loja presencial, isca digital, link na bio do Instagram para inscrição.

Independente da maneira, é importante manter uma lista organizada com o nome e e-mail dos seus leads.

E pronto! Aqui estão as pessoas que você deve enviar seus e-mails.

Qual conteúdo enviar?

Com as pessoas e seus e-mails listados, chegamos na próxima etapa. 

Mas qual conteúdo enviar? A resposta é que existem infinitas possibilidades! Até mesmo quando falamos sobre tipos de e-mails, existe uma lista de possibilidades com cada categoria representando diferentes formas e objetivos de comunicação.

É importante conhecer os diferentes tipos e utilizar formas variadas nas suas campanhas. 

Alguns tipos de e-mail marketing são:

  1. Newsletter: e-mails recorrentes com objetivo informativo, sendo geralmente utilizado para falar de assuntos do universo da marca.
  1. E-mail promocional: e-mail com uma comunicação direta para venda, seja de produtos digitais ou físicos e gratuitos ou pagos.
  1. E-mail sazonal: tipo de e-mail recebido em datas importantes para o usuário, como aniversário. Esse tipo de e-mail cativa carinho e afeto do cliente para a marca.
  1. E-mail de boas-vindas: e-mail que o cliente deve receber ao fazer o cadastro na sua plataforma ou site. O objetivo deve ser fazer o lead avançar na jornada de compra.
  1. E-mail para cliente inativos: perfeito para aqueles clientes que fazem tempo que não consomem do seu negócio. É comum colocar alguma oferta ou assunto atrativo para a reativação do lead.
  1. E-mail para e-commerce: e-mail voltado para quem possui uma loja virtual com objetivo de aumentar a conversão de compra, aumentar o número de cadastros e diminuir o abandono de carrinho.
  1. Automação de e-mails: A automação de e-mails baseia-se em criar uma campanha automatizada para o cliente, ou seja, os e-mails serão programados e enviados automaticamente, podendo ter diferentes objetivos.

Esses são alguns tipos de e-mails que você pode enviar.

Mas saiba que, para a realidade do seu negócio, você pode ter calma. Analise e veja qual tipo de e-mail faz sentido ser enviado.

Qual a frequência de envio?

Devo enviar e-mail todo dia? 1 vez por semana? 2 vezes por semana? Essa é uma dúvida muito comum e, inclusive, muito importante.

Um intervalo muito grande de tempo pode fazer o seu cliente esquecer da sua marca, mas um intervalo muito curto pode deixá-lo chateado.

Para isso, temos uma resposta: teste. Você só encontrará o equilíbrio tentando.

Escolha uma frequência sustentável para você e seu cliente, comece, analise os resultados e, a partir daí, você saberá se deve aumentar ou diminuir a frequência.

A mesma coisa se aplica em relação ao horário e dia de envio, você deve testar diferentes períodos para entender.

Confira também: Conheça 7 razões que te impedem de conquistar mais clientes

pessoa segurando um envelope amarelo

Dicas para começar

Ok, agora que você já sabe o geral e as informações mais importantes sobre o e-mail marketing, você pode estar se perguntando: como começar?

Afinal, essa é a parte importante, né. A parte boa é que a gente pode te ajudar. Existem dicas valiosas que vão ajudar seu negócio nesse primeiro passo no e-mail marketing.

Confira essas dicas e coloque todas em prática! 

#1 – Foque no cliente

O grande benefício do e-mail marketing é conseguir falar diretamente com o seu cliente. Por isso, é o seu papel conhecê-lo.

Obtenha todas as informações que puder sobre o seu público alvo e os seus clientes.

E, na hora que for planejar e escrever os conteúdos, foque em resolver a dor de quem estará lendo.

#2 – Crie um cronograma

O segredo de um negócio bem-sucedido está no planejamento.

Então, para sua comunicação ser ainda mais assertiva, faça um cronograma de e-mails seguindo o funil de vendas, do primeiro contato até o fechamento do negócio.

#3 – Use e abuse de testes

Lembre que os testes são tudo para uma boa estratégia de e-mail. Você pode utilizar dos testes A/B para isso. O que isso significa?

Vamos supor que você escreve um e-mail, escreveu duas opções de título e quer saber qual dos dois é mais chamativo.

Esses dois e-mails serão enviados de maneira idêntica, mudando apenas o título, para dois grupos de pessoas, sendo uma pequena porcentagem da sua base.

Ao ver qual dos dois e-mails possuem mais resultados, você pode enviar a opção mais estratégica para toda a sua base.

Ah, pode parecer muito complicado, mas as ferramentas de agendamento de e-mail fazem esse processo de maneira automatizada.

#4 – Personalize cada vez mais

Como já dito, o e-mail é um meio de comunicação direto e pessoal. Por isso, é o seu papel ser pessoal também.

Por exemplo, se você possui informações de quais estados seus clientes moram, você pode enviar e-mails que contenham essas informações, a partir de piadas ou dicas personalizadas.

Uma pesquisa feita pelo 9Blog, por exemplo, mostrou que mensagens personalizadas têm taxas de abertura 29% maiores do que as demais. Além disso,  a taxa de cliques é 41% maior.

Isso acontece porque um recado direto faz com que o lead sinta-se especial, gerando mensagens certeiras e um bom resultado das campanhas.

#5 – Dicas para botar a mão na massa

Vamos supor que você está com o e-mail aberto. Temos certeza que muitas dúvidas vão passar na sua cabeça.

E, para você começar com o pé direito, existem algumas dicas práticas  importantes.

  • Foque em fazer um bom título, com chamadas impactantes e cativantes;
  • Segmente sua base de e-mails, dividindo-os em categorias e subcategorias;
  • Tenha um objetivo claro no e-mail, muitas opções podem deixar o lead confuso;
  • Foque em entender a quantidade de e-mails que deve enviar;
  • Utilize pessoas reais como remetentes;
  • Faça um e-mail interativo, com perguntas, links, etc.;
  • Utiliza imagens para deixar a mensagem mais atrativa;

Essas são algumas ações simples que podem te ajudar!

Mesmo que você tenha absorvido diferentes tipos de conhecimentos no momento, é importante saber que tudo é teste.

À medida que você for utilizando, saiba que aprenderá cada vez mais.

Leia também: Dicas para otimizar o uso do e-mail marketing

Pronto para virar um ninja do e-mail marketing?

Essa é a maneira que você pode utilizar o e-mail marketing para potencializar suas vendas.

Agora você já sabe o que é e-mail marketing, porque é importante, para quem enviar, qual conteúdo criar, qual frequência utilizar e até mesmo dicas valiosas para o seu dia a dia. Por isso, tá na hora de colocar em prática!

Somos o GetNinjas, a maior empresa de conexão entre clientes e prestadores de serviços.

Buscamos por um Brasil cada vez mais empreendedor e temos na nossa plataforma, profissionais da área de marketing para ajudar o seu negócio ir ainda mais longe! 

Conheça nossa plataforma e decole com as estratégias de venda no e-mail marketing.

Você também pode gostar

Deixe um comentário