No mundo atual, onde as transações financeiras digitais são cada vez mais comuns, os golpes da maquininha de cartão se tornaram uma preocupação crescente entre comerciantes e consumidores que devem estar atentos para não se tornarem vítimas dessas fraudes.

Neste artigo, vamos explorar os golpes mais comuns envolvendo maquininhas de cartão, como o golpe da maquininha com visor quebrado, o golpe do visor adulterado e o golpe da maquininha clonada, que rouba dados do cartão.

Além disso, neste conteúdo também orientamos sobre como agir se você for vítima de um golpe, ajudando a minimizar prejuízos e a manter suas finanças seguras.

Continue a leitura para descobrir quais são os principais golpes que estão acontecendo com as maquininhas de cartão.

Golpe da maquininha com visor quebrado

O golpe da maquininha com visor quebrado ocorre quando o fraudador apresenta ao cliente uma máquina de cartão com o visor danificado, impedindo que as informações da transação, como valores, sejam visualizadas claramente.

Nessa situação, o golpista pode digitar um valor muito maior do que o acordado ou realizar múltiplas transações sem o consentimento do cliente.

Para se proteger desse golpe, é importante sempre pedir para verificar o valor antes de inserir o cartão, e caso o visor esteja danificado, solicite o uso de outra maquininha. Além disso, confira sempre o comprovante da transação para garantir que o valor acordado esteja correto.

Golpe do visor adulterado

Neste golpe, os criminosos modificam a maquininha de cartão para que o visor mostre informações falsas, como um valor menor do que o realmente cobrado. Após a vítima inserir o cartão e digitar a senha, o valor maior é debitado de sua conta.

A forma de proteção é parecida com o golpe anterior:

– Verifique se a maquininha apresenta sinais de adulteração;

– Confira o valor no visor e no comprovante;

– Prefira inserir o cartão você mesmo e digitar a senha sem desviar o olhar do visor.

Golpe da maquininha clonada

O golpe da maquininha clonada envolve dispositivos ilegais instalados em maquininhas legítimas que são capazes de capturar as informações do cartão de crédito ou débito, incluindo o número do cartão e a senha. Esses dados são posteriormente utilizados para realizar transações fraudulentas.

É importante ficar atento a qualquer aspecto incomum ou peça solta na maquininha, caso haja alguma dúvida, não deixe de perguntar sobre a procedência do aparelho. Ainda, logo após a compra, monitore o extrato da sua conta bancária para verificar o valor da transação.

Dicas essenciais para prevenção dos golpes

Para evitar ser vítima desse tipo de fraude, é essencial estar sempre atento. E para te ajudar a não cair nesse golpe, confira nossas dicas a seguir:

  • Verifique o valor: durante as transações, verifique cuidadosamente o valor apresentado na tela da maquininha antes de digitar sua senha ou autorizar qualquer pagamento. 
  • Confirme o valor cobrado: após a conclusão da compra, é recomendável revisar imediatamente os recibos para confirmar se o valor cobrado está correto, seja eles fisicamente em papel ou no seu banco através do aplicativo. Caso o valor seja diferente do combinado, peça o estorno da compra imediatamente.
  • Atente-se à integridade das maquininhas: sempre preste atenção ao estado físico das maquininhas. Equipamentos visivelmente danificados podem ser um indicativo de fraude. 
  • Observe o comportamento do fraudador: normalmente, as pessoas que realizam esses golpes, aparentam estarem nervosas, tremendo, suando e dão uma desculpa boba sobre o nervosismo.

Além dessas dicas, também é importante nunca perder de vista o seu cartão durante a transação, evitando assim possíveis clonagens ou outras fraudes.

Veja também: Golpes na internet: descubra como se proteger de fraudes e golpes online

Cai no golpe da maquininha, o que devo fazer?

A primeira coisa que deve ser feita ao cair no golpe é informar o fraudador sobre o valor indevido cobrado. Logo após, solicite imediatamente o estorno do dinheiro, normalmente o processo demora até 24 horas.

É comum os golpistas alegarem que foi um engano e prometeram devolver o dinheiro após finalizar o estorno. Por isso, nesse momento, é importante manter contato com o dono da maquininha para ficar a par do processo de devolução do dinheiro.

Caso o fraudador alegue dificuldades para realizar o processo, entre em contato com a polícia informando sobre o golpe, realize um boletim de ocorrência e peça ajuda para resolver a situação.

Por fim, procure bloquear seu cartão momentaneamente, até que todo o transtorno seja resolvido, para evitar outros possíveis golpes.

Também comunique a instituição administradora do cartão para explicar o que ocorreu, eles poderão fornecer orientações para resolver a situação. Além disso, anote os protocolos de atendimento, que podem ser solicitados no futuro.

Os golpes envolvendo maquininhas de cartão são uma realidade que requer atenção e precaução constantes. 

Ao estar ciente dos tipos de golpes mais comuns e adotar medidas de proteção eficazes, você pode reduzir significativamente o risco de se tornar uma vítima. Mas lembre-se de que a segurança nas transações financeiras começa com a conscientização e a precaução de cada indivíduo.

Fique seguro e proteja suas informações financeiras com vigilância e cuidado.


Quanto esse artigo foi útil?

0 Reviews

Write a Review

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Temas relacionados
Escrever comentário:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *