Confira 5 dicas para criar sua bancada de marceneiro

bancada de marceneiro
3 minutos para ler

Para muitos tipos de profissionais, ter um espaço adequado para trabalhar faz uma diferença enorme em seu desempenho. Isso é especialmente verdadeiro quando falamos em marcenaria, já que vários equipamentos e ferramentas são usados a todo momento. A criação de uma boa bancada de marceneiro, por exemplo, é uma parte importante em sua carreira.

Claro, montar o modelo ideal exige algum conhecimento e bastante atenção. Mesmo um profissional experiente pode não escolher a melhor configuração se não souber exatamente o que será feito no dia a dia.

Para te ajudar nessa tarefa, trouxemos algumas dicas simples para criar sua bancada com a maior qualidade possível. Confira.

1. Defina uma boa altura

A altura na qual sua bancada fica é um dos primeiros fatores que você deve notar. Primeiramente, algumas tarefas exigem espaço na parte de baixo para acomodar máquinas e ferramentas. Segundo, a altura ideal ajuda a prevenir o desgaste físico por problemas de postura.

Algo a considerar, claro, é a sua própria altura e a postura com a qual trabalha. Em seguida, veja se outros fatores, como equipamentos ou material, afetam a forma como você exerce os serviços. Caso precise de flexibilidade, pode criar uma bancada com altura ajustável.

2. Escolha um suporte resistente

Naturalmente, uma bancada de marceneiro precisa suportar o peso de vários materiais, máquinas e ferramentas, o que exige uma estrutura forte. O reforço deve estar principalmente na base e no suporte, já que o fundo precisa ser aberto para alguns trabalhos.

O material usado é o que pesa mais. Metais são muitos comuns devido à sua resistência e leveza, mas também é possível encontrar algumas versões feitas de madeira. Quanto maior for o peso que você espera colocar na bancada, maior deve ser o investimento em um bom suporte.

3. Ajuste o tamanho às suas necessidades

Cada profissional trabalha em um ambiente distinto e, muitas vezes, personalizado. Alguns já conseguiram um galpão inteiro para si, outros utilizam o espaço disponível em uma garagem ou algo do tipo.

Isso precisa ser levado em conta na hora de montar a sua bancada de marceneiro. Sempre há formas de otimizar o uso do ambiente apenas reorganizando objetos, de modo que tudo fique próximo e ainda sobre espaço para circular.

4. Considere seu painel de ferramentas

Um exemplo de como otimizar o espaço é usar um painel, que consiste em um quadro onde todas as ferramentas ficam penduradas e a seu alcance. O mais indicado é fazê-lo como uma peça única. Dessa forma, você terá menos desperdício de material e poderá aproveitar melhor a área disponível.

5. Pense em possíveis ajustes e expansões

Você não precisa pensar apenas em como sua bancada deve ser agora. Ter em mente como pretende expandir seu trabalho e como os seus equipamentos vão se adaptar pode ser uma boa ideia na hora de construí-la, seja para evitar retrabalhos, seja para ter um projeto mais flexível.

Agora que você entende como montar sua bancada de marceneiro, pode começar a pensar em sua estrutura com mais segurança. Se fizer um bom planejamento, vai poupar bastante energia com retrabalho e melhorar a qualidade do seu serviço.

Tem suas próprias dicas para montar uma bancada ou quer tirar mais dúvidas? Deixe um comentário abaixo e logo responderemos.

Cadastre seus serviçosPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.