O que é empreendedorismo digital?

10 minutos para ler

Entenda de uma vez por todas o que é o empreendedorismo digital!

Nos últimos anos, a expressão “empreendedorismo digital” passou a ser muito utilizada. Afinal, quem não quer poder trabalhar em qualquer lugar do mundo?

O modelo de trabalho do empreendedor digital é, de fato, completamente sedutor. Aliás, o isolamento advindo da pandemia de COVID-19 funcionou, involuntariamente, como um impulsionador desse crescimento.

Em um cenário em que as pessoas não podiam sair de suas casas, foi necessário encontrar maneiras inovadoras de trabalhar e conquistar sua fonte de renda.

Uma análise feita pela HeroSpark, a pesquisa Panorama de Negócios Digitais Brasil 2020, mostrou que 54% dos empreendedores digitais começaram seus negócios há menos de um ano. 

Esse número foi tão relevante que 2020 chegou a ser apontado como o ano do empreendedorismo digital.

Mas se você já escutou muito esse termo por aí e não entende o significado, não tem problema.

Preparamos esse conteúdo para explicar todas as nuances sobre o que é e como funciona o empreendedorismo digital. Acompanhe a leitura até o final. 

O que é empreendedorismo digital?

Sabe aquela lojinha online no Instagram que você adora consumir? Esse é o conceito de empreendedorismo digital.

É um negócio que funciona a partir do meio virtual, ou seja, a comercialização de serviços e produtos dentro da internet.

Como um ofício mais flexível e autônomo, grande parte das pessoas entra na área como um segundo emprego, para a conquista de uma renda extra.

O empreendedorismo digital dispensa a necessidade de um espaço físico e pode ocorrer por qualquer lugar do meio digital, como sites, blogs, Instagram, Facebook, Twitter, etc.

Aliás, é muito provável que você já tenha consumido um produto de um empreendedor digital.

Seja na compra de roupas, brincos, livros, utensílios de casa ou qualquer material de uma loja online, mas também a partir do consumo de conteúdos virtuais como -ebooks, cursos, vídeo-aulas, receitas, lives ou palestras. Até um show online tá envolvido nesse meio, viu?

Por que ser um empreendedor digital?

O mundo do empreendedorismo digital não para de crescer. E, nesses últimos anos, é natural ter sentido vontade de entrar nessa jornada. Afinal, é uma área de muito sucesso.

Então, para você que já cogitou ser um empreendedor, saiba todos os motivos pelo qual você deve se tornar um empreendedor da internet.

#1 – A internet faz sucesso

De acordo com a IstoÉ Dinheiro, uma análise feita em 2021 mostrou que mais de 50% da população mundial está conectada à internet.

Tem lugar melhor para iniciar um comércio do que um ambiente lotado de audiência e engajamento?

A internet é a base das conexões pessoais e, com o avanço tecnológico, a tendência é só aumentar.

Afinal, quando pensamos em um futuro, a expansão da internet e a facilidade de seu acesso é uma das primeiras coisas que vem a mente.

#2 – É possível atingir pessoas em todos os lugares

Vamos supor que você é um contador no mundo do empreendedorismo digital.

Ao criar um perfil no Instagram e divulgar seus serviços, você consegue atingir pessoas do mundo todo.

Já imaginou morar no Acre e atender uma pessoa do Rio Grande do Norte? Esse é um dos grandes benefícios do empreendedorismo digital.

Além do aumento das vendas, esse processo aumenta a visibilidade do seu serviço e traz engajamento.

E um perfil com autoridade atrai muito mais clientes.

#3 – Apresenta baixo custo de investimento inicial

O empreendedorismo digital ajudou muitas pessoas que estavam precisando de dinheiro nos últimos anos.

Afinal, um investimento online como esse gera custos mínimos para o empreendedor.

O capital inicial será apenas os custos para a produção do seu serviço ou produto, como plataformas, programas, materiais, etc.

Por não possuir um espaço físico, não será necessário arcar com custos de aluguel, água, luz, gás… tem coisa melhor do que trabalhar no conforto da sua própria casa?

#4 – Funciona como renda extra

Como já foi dito por aqui, em tempos de dificuldade, muitas pessoas criaram uma loja online para aumentar a renda mensal.

Tendo em vista que o empreendedorismo digital é um trabalho flexível e autônomo, é fácil balancear suas demandas com as de um outro trabalho.

Por isso, é possível pegar uma habilidade pessoal e transformá-la em um dinheirinho extra. Quem não quer um rendimento a mais na hora de pagar as contas?

#5 – Garante a facilitação de muitos processos 

Como essa modalidade de trabalho é autônoma, flexível e online, muitos processos tendem a ser facilitados.

Ao ter uma loja física, é necessário reunião, contato físico, negociação e muitas etapas para o fechamento de um negócio.

Com a presença online e a produção de conteúdo digital, é natural que o oposto aconteça: os clientes cheguem em você.

Com isso, muitos processos vão sendo simplificados.

#6 – É uma escolha segura

A pandemia do Covid-19 trouxe muitas incertezas para a vida de todo mundo, seja financeira, social, pessoal.

Nesse processo, o empreendedorismo digital chegou como uma opção muito sustentável, tendo em vista as altas chances de dar certo e o baixo investimento financeiro.

Ao termos novas ideias, muitas pessoas tendem a ter medo de inovar ou dos planos darem errado.

Mas o negócio online chegou para dar o pontapé que o empreendedor precisa.

Aliás, até mesmo empresas mundiais famosas passaram pelo processo de adaptação para o remoto.

Afinal, o digital é o futuro das organizações.

#7 – Não é necessário saber de tudo para começar

Claro que, para tudo que fazemos, devemos possuir um certo nível de conhecimento, inclusive para sempre entregarmos o melhor serviço ou produto.

Mas, no empreendedorismo digital, você não precisa saber de tudo.

Não é necessário passar por um processo seletivo, fazer provas ou ter alto níveis de conhecimentos técnicos

A flexibilidade dessa modalidade permite que as pessoas aprendam à medida da sua experiência.

#8 – É possível se tornar uma referência na área

Já imaginou começar um negócio digital e, algum tempo depois, ser uma grande referência da área?

Apesar de parecer muito distante, é super comum que isso aconteça.

Ao produzir conteúdo digital sobre seu serviço ou produto, é normal ganhar visibilidade e, com ela, se tornar uma autoridade no assunto.

Afinal, você estará interagindo com a audiência, explicando seu trabalho e mostrando seu profissionalismo.

A autoridade aumentará sua visibilidade e vendas, garantindo um ótimo posicionamento de mercado.

Esses são apenas alguns dos benefícios de se tornar um empreendedor digital. E, agora que você já sabe todos os motivos para ser um, existe algo sobre a próxima etapa que você tem que conferir.

Confira também: Quais os tipos de empresa que existem no Brasil?

Como ser um empreendedor digital?

Aposto que depois de tantas qualidades, você deve tá com vontade de abrir o seu negócio.

Por isso, confira o passo a passo de como fazer isso da maneira mais estratégica.

#1 – Escolha o nicho de mercado

Sabe aquele ditado que quem tenta agradar todo mundo, acaba não agradando ninguém?

É basicamente por aí.

Mesmo que a internet tenha um potencial de atingir diferentes esferas, você não deve vender um produto que agrade todo mundo.

Escolha um nicho de mercado específico, algo que você é bom e que vai ajudar outras pessoas.

Foque em entregar a melhor solução para um problema.

#2 – Estruture seu negócio

Agora que você decidiu o que quer vender, é hora de planejar.

Você deverá estruturar como irá funcionar, qual a quantidade de produtos ou a capacidade de serviços que pretende fazer ou pegar, realizar a precificação, encontrar fornecedores, decidir quais plataformas digitais estará presente, etc.

Uma boa dica para esse processo é fazer um plano de negócios.

Independente de como você irá se organizar, é importante iniciar seus negócios com um planejamento bem feito.

#3 – Analise os concorrentes

Se você quer ser um dos melhores, também deve andar com os melhores, certo? Por isso, é importante tirar um tempo e entender o mercado que está inserido.

Onde os seus concorrentes estão? Como eles se comunicam? Quantas vezes postam? Quais os seus preços? Quais seus pontos de melhoria?

A análise de mercado é importante para você entender, principalmente duas coisas:

  • O que os seus concorrentes fazem de melhor?
  • O que os seus concorrentes não fazem ou poderiam fazer melhor?

É importante usar essa análise para construir um serviço ainda mais completo.

#4 – Comece!

A teoria e o planejamento são importantes em qualquer lugar!

Mas não se prenda só a isso. Se você tentar fazer o planejamento mais completo do mundo, os planos nunca sairão do papel.

Por isso, ao ter a estrutura base, não espere para começar.

Entenda que a melhor maneira de aprender é executando e comece com o pé direito.

#5 – Use o GetNinjas

Somos uma plataforma exclusiva para a contratação de serviços autônomos e temos o propósito de tornar o Brasil cada vez mais empreendedor.

É por meio da conexão entre quem precisa e quem sabe fazer que transformamos o Brasil todos os dias.

Por aqui, fechamos um negócio a cada 30 segundos.

Cadastre-se como prestador de serviços e ganhe o reconhecimento e a popularidade que merece.

Dicas para ter sucesso no empreendedorismo digital

Ainda tem uma última coisa que você pode conferir antes de se tornar um empreendedor digital: dicas valiosas.

Afinal, ao tentarmos uma coisa nova, um suporte é sempre bem-vindo.

#1 – Estude marketing digital

Tendo em vista que o negócio na internet depende do seu poder de divulgação, é interessante estudar as práticas do marketing digital.

Ao conhecer essas técnicas, será mais fácil utilizá-las e ganhar visibilidade no seu trabalho.

#2 – Mantenha o financeiro organizado

Ao iniciar um novo negócio, mesmo que com poucos custos, sua vida financeira irá mudar.

Se possível, mantenha uma planilha para controle financeiro das saídas e entradas separado dos seus gastos pessoais.

Assim, será possível até mesmo fazer uma análise de custo e rendimento do negócio.

#3 – Mensure seus resultados

Aliás, essa já é a última dica.

A análise de resultados é essencial para você entender se está fazendo um bom trabalho.

E, para além da análise de vendas, compare os resultados das redes sociais, como visibilidade, engajamento, etc.

Lembre-se que os dois são importantes, pois o engajamento nas redes promove o aumento das vendas.

Para isso, você pode definir um período de tempo, como mensal, e sempre fazer essa análise.

Leia também: Qual a diferença entre jornalista e produtor de conteúdo?

Pronto para ser um ninja do empreendedorismo digital?

Depois de tudo isso, acredito que você já sabe tudo que precisa sobre ser um empreendedor digital!

E aposto que está com vontade de se tornar um. Afinal, o empreendedorismo digital veio para ajudar muita gente, né? O GetNinjas também!

Trabalhamos para ser a principal fonte de renda de profissionais autônomos e estamos prontos para te ajudar.

Torne-se um empreendedor digital e cadastre-se na nossa plataforma!

Você também pode gostar

Deixe um comentário