Quanto ganha um psicólogo?

Mulher de costas segurando uma prancheta de frente para outra vestida de amarelo
9 minutos para ler

Você é daqueles que sempre buscou resolver conflitos em casa, na escola ou até mesmo no ambiente de trabalho? Gosta de escutar o que as pessoas têm a dizer e se preocupa com o bem estar individual e coletivo? Se você se reconhece nessas perguntas, já pensou em investir na profissão de psicólogo? 

A princípio e em geral, tendemos a pensar no psicólogo como o profissional que realiza atendimento clínico ou terapêutico em um consultório particular. Isso porque você talvez tenha feito atendimento psicoterapêutico em algum momento da vida ou conheça pessoas que fazem esse tipo de tratamento para lidar com situações de sofrimento ou transtornos psíquicos. 

Leia mais: Qual a diferença entre psicólogo e e terapeuta?

Mas saiba que o psicólogo não está restrito ao atendimento clínico. Esta é apenas uma das opções de atuação deste profissional, dentre tantas outras. Isso significa que existe demanda por psicólogos no mercado e que, dependendo da especialidade que você escolher, há chances de ser muito bem remunerado.

O que faz um psicólogo?

Em termos bem sucintos, um psicólogo é o profissional que estuda o comportamento e os processos mentais dos seres humanos. Com base nisso e através da escuta de quem o procura, é capaz de diagnosticar, prevenir e tratar de distúrbios ou transtornos psíquicos. 

Com a pandemia ainda entre nós, muitas pessoas têm buscado psicólogos para ajudar a tratar de suas ansiedades, angústias, quadros depressivos e perdas. 

Mas esse tipo de trabalho não se dá apenas nos consultórios em sessões individuais. O psicólogo pode trabalhar com grupos, dentro de comunidades, com crianças, jovens e adultos, em espaços coletivos, em instituições privadas e públicas. 

Há, inclusive, psicólogos que atendem bebês, você sabia disso? Sim, este trabalho é possível, desde que feito em parceria com os pais ou cuidadores, assim como o atendimento de crianças e menores de idade.

Isso não quer dizer que só é preciso buscar o psicólogo se houver algum problema ou transtorno mental mais sério. Os cuidados com a saúde mental também envolvem o desenvolvimento e aperfeiçoamento de pessoas e grupos. A principal função do psicólogo do esporte, por exemplo, é trabalhar com o rendimento de atletas e equipes.

Saiba que o esporte é importantíssimo para uma qualidade de vida agora e no futuro, você pode atuar na área de Psicologia do Esporte e ser muito bem remunerado, de quebra.

Mas se o seu negócio é entender sobre o comportamento do consumidor, por exemplo, você pode trabalhar na área de Marketing. 

Áreas de atuação

Vamos citar aqui as principais áreas de atuação do psicólogo, ou, melhor dizendo, as áreas mais tradicionais:

  • Psicologia Clínica
  • Psicologia Hospitalar
  • Psicologia do Trânsito
  • Psicomotricidade
  • Psicologia escolar
  • Psicopedagogia
  • Psicologia Jurídica
  • Psicologia Social
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho
  • Psicologia do Esporte

Mas como o tempo não pára e a gente está sempre se transformando enquanto sociedade e indivíduos, muito em função dos avanços tecnológicos, os psicólogos estão atuando em outras áreas.

Veja as áreas com maior empregabilidade no Brasil, atualmente:

  • Psicologia do idoso
  • Orientação profissional
  • Recursos Humanos
  • Neuropsicologia
  • Comportamento do consumidor
  • Psicologia escolar
  • Psicologia clínica

Com exceção das últimas duas, essas áreas são mais específicas. Recursos Humanos, por exemplo, faz parte da Psicologia Organizacional e do Trabalho, por exemplo, assim como a área do Comportamento do consumidor, que entra na grande área de Marketing. 

Formação do psicólogo

Para atuar como psicólogo, é necessário:

  1. Fazer um curso superior de Psicologia que esteja aprovado pelo Ministério da Educação (MEC)
  2. Estar registrado no Conselho de Psicologia do Estado em que atua ou deseja atuar 

Dependendo da faculdade ou universidade escolhida, há 3 possibilidades de habilitação:

  1. Licenciatura, em que o foco é formar um profissional docente
  2. Bacharelado, com foco na formação de profissionais pesquisadores
  3. Psicólogo, habilitação mais ampla para o trabalho nas diversas áreas 

Em média, um curso de graduação em Psicologia tem duração de 4 a 6 anos. Aqui estamos falando de uma formação obrigatória para atuar de forma legal, nos dois sentidos da palavra. 

A seguir, você vai conhecer as especializações disponíveis na área e porque vale a pena seguir em formação.

Especialidades

Como você viu, não é necessário fazer nenhum curso de especialização para atuar como profissional de psicologia. Mas, o investimento em uma especialização do seu interesse vai constar como um diferencial no mercado. Afinal, muita gente tá correndo atrás. 

Se você já sabe com qual área se identifica mais, conheça as especialidades atualmente concedidas pelo Conselho Federal de Psicologia:

  • Psicologia Escolar/Educacional
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho
  • Psicologia de Trânsito
  • Psicologia Jurídica
  • Psicologia do Esporte
  • Psicologia Clínica
  • Psicologia Hospitalar
  • Psicopedagogia
  • Psicomotricidade
  • Psicologia Social
  • Neuropsicologia
  • Psicologia em Saúde
  • Avaliação Psicológica

Se você estiver com a sensação de já ter lido isso antes, tipo um déjà vu, é porque está correto. As especialidades aqui citadas, em sua maioria, estão diretamente ligadas às áreas de atuação do psicólogo.

Isso tem a ver com a lei da oferta e demanda do mercado em um dado período. Se mais gente estiver procurando psicopedagogos, por exemplo, em função da dificuldade que as crianças estão tendo em algum aspecto da aprendizagem, as instituições de ensino vão buscar oferecer cursos focados nesta área, visando à contínua formação e qualificação dos psicólogos. 

Mulher de óculos segurando prancheta

Mesmo sem a necessidade de ter um título profissional de especialista em psicopedagogia, se o psicólogo investir nesta formação continuada, terá mais chances de receber boas oportunidades de trabalho e de crescimento. 

Por isso, antes de mais nada, é fundamental saber ou descobrir qual o seu foco de interesse. 

Quanto pode ganhar um psicólogo?

A remuneração do psicólogo vai depender de diversos fatores.

Vamos citar alguns:

  1. Área de atuação
  2. Trabalha em uma empresa ou em uma instituição pública?
  3. Se trabalha em alguma empresa, é de pequeno, médio ou grande porte? 
  4. É especialista? Tem experiência na área? Ocupa o cargo de trainee, júnior, pleno, sênior ou master?
  5. Se trabalha em alguma instituição pública, é federal, estadual ou municipal?
  6. Trabalha de forma autônoma? Onde?
  7. Se atende em consultório, quanto cobra pelas consultas ou avaliações? 
  8. Quantos pacientes atende por mês e qual a frequência dos atendimento? 

Vale lembrar que ainda não há um piso salarial nacional para os psicólogos, portanto, não há como citar valores exatos.  No entanto, dá para ter uma ideia da média salarial dos psicólogos, tendo em vista os fatores citados.

Vamos dar uma olhada por área de atuação:

  • Psicólogo clínico – R$ 2.172,98
  • Psicólogo do esporte – R$ 3.297,25
  • Psicólogo organizacional e do trabalho – R$ 2.984,60
  • Psicólogo do trânsito – R$ 2.827,24
  • Psicólogo educacional – R$ 2.144,42
  • Psicólogo hospitalar R$ 2.626,10
  • Psicólogo jurídico – R$ 2.848,98

No caso do psicólogo clínico, é mais difícil estabelecer essa média. Apesar do Conselho Federal de Psicologia divulgar uma tabela de honorários por serviço prestado, ela serve como referência de valores. 

Portanto, não precisa ser seguida à risca. Neste sentido, o psicólogo pode estabelecer quanto cobrar para a realização de um diagnóstico, por sessão de psicoterapia e pelo serviço de orientação vocacional, por exemplo.

Levando em conta o tamanho da empresa e o cargo ocupado pelo psicólogo, o profissional pode começar ganhando:

  • R$1.800,00 em uma pequena empresa, como trainee, e chegar a R$4.300,00, como master
  • Em uma empresa de médio porte, pode ganhar de R$2.300,00 a R$5.600,00
  • Em uma empresa de grande porte, o salário vai de R$3.000,00 a R$7.000,00

Se o profissional seguir a carreira acadêmica e passar em um concurso para docente em uma instituição federal, em regime de dedicação exclusiva, pode ganhar entre R$4.000,00 a R$19.000,00. Isso vai depender da sua formação e tempo de casa.

Esses são alguns exemplos para mostrar que há vários caminhos a seguir e que, sim, o psicólogo pode ganhar muito bem exercendo a sua profissão. 

Como começar a carreira

Tanta opção… então, por onde começar? Já deu para ter uma boa ideia da profissão, das áreas de atuação e do investimento necessário para conquistar espaços.

Homem de frente para uma pessoa que está segurando prancheta

Então, vamos recapitular:

  • Foque na sua área de interesse
  • Procure um estágio ou faça trabalhos voluntários. Além de conhecer pessoas e formar uma rede de contatos, você vai aprender na prática e enriquecer seu currículo
  • Invista na sua formação, conforme sua área de interesse e tendo em vista que ela deve ser continuada e em instituições qualificadas. Participar de grupos de estudos, seminários, congressos e afins são ótimas maneiras de se manter atualizado e de ser visto.
  • Apareça. Faça seu marketing. Pode ser através de redes sociais, com publicação de conteúdo para mostrar o que você faz e a autoridade que tem no assunto.

Se você quiser trabalhar como psicólogo clínico no seu próprio consultório, sublocar algum espaço ou fazer atendimentos online, o que mais pesa, particularmente no início da carreira, é a instabilidade financeira. Afinal, sua prática precisa de pacientes e eles precisam saber da sua existência. 

Encontre clientes 

Mas será que essa via é de mão única? Depois de tomadas todas as providências citadas para ser encontrado e reconhecido como bom profissional, não há nada mais a fazer? Temos uma ótima resposta para você: sim, há o que fazer e você está no lugar certo.


Nós, do GetNinjas, trabalhamos justamente para isso: para te conectar com quem está precisando do seu serviço. Pense numa sala cheia de pacientes  esperando você chegar. Basta fazer seu cadastro para abrir a porta. É para isso que estamos aqui, para ajudar no fechamento de bons negócios. 

Você também pode gostar

Deixe um comentário