7 canais digitais para promover seu negócio

Ícones digitais saindo da tela de um computador com uma pessoa na frente mexendo no celular.
9 minutos para ler

Muitas vezes, temos a impressão de que o mundo real não existe mais, de que tudo se tornou digital. Isso porque fazemos muita coisa pela Internet: conversamos, jogamos, nos apaixonamos, compramos e vendemos. Parece que tudo foi parar lá. Mas não é bem assim. Ainda interagimos uns com os outros em bares, frequentamos universidades, usamos a rua para correr, andar de bicicleta e pegar um pouco de vitamina D, levamos nosso cachorro para passear, vamos ao mercado, comemos em restaurantes, etc. 

O que mudou foi que não tem mais como pensar em viver uma vida sem estar conectado com a Internet. Ainda podemos fazer as coisas como antigamente, mas a Internet facilitou muito nossas vidas. E tendemos a seguir o que é mais fácil, mais cômodo. Podemos pagar nossas contas pelo aplicativo de qualquer banco, sem precisar encarar uma fila enorme. Podemos resolver muita coisa online, sem necessidade de deslocamento, o que nos poupa tempo e dinheiro para outras coisas.

Por isso, se você é um profissional autônomo ou liberal e ainda não colocou seu negócio na rede, vale a pena pensar seriamente sobre isso. 

Quer saber mais sobre os seus direitos enquanto profissional autônomo ou liberal?

E neste texto, você vai entender porque é importante, diríamos até uma questão de sobrevivência, promover seu negócio usando canais digitais.

O que são canais digitais?

Canais digitais são meios usados para conquistar, captar e vender o que você produz ou oferece como serviço. Estamos falando de marketing digital. Portanto, escolher quais canais digitais serão usados para promover seu produto ou serviço, da melhor maneira possível, está diretamente relacionado com sua estratégia de marketing. 

Isso é fácil de explicar: não adianta investir em uma rede social, como o Facebook, para promover um produto direcionado a um público-alvo que não utiliza a rede. 

Portanto, se sua estratégia de marketing estiver bem delineada, o uso dos canais digitais tem tudo para alavancar seu negócio.

Pense que o canal digital é um meio de interação entre sua marca ou proposta e o usuário, em um ambiente virtual. Investir em um canal digital é uma maneira de adquirir novos clientes, tendo em vista a singularidade do seu negócio e as características do canal escolhido, como:

  • Tipo de cliente atingido
  • Quão preparado este cliente está para adquirir o que está sendo oferecido
  • Forma de abordagem
  • Quanto é necessário investir
  • Qual o retorno esperado

Por isso que sua estratégia de marketing deve estar bem alinhada com os canais escolhidos para vender seu negócio. 

E depois de adquirir novos clientes? Não é preciso fazer mais nada? Ledo engano.

Leia mais: Como conquistar e cativar seu cliente.

7 dicas para escolher os canais certos

Antes de escolher os canais para divulgar seu negócio, é importante entender sobre as características de cada um deles ou para quê eles servem. Mesmo que não tenham sido criados para transações comerciais, cada canal indicado aqui tem o seu valor e pode ser usado como porta de entrada para a construção de um relacionamento com potenciais clientes. 

Duas pessoas sentadas em uma mesa com computador, tablet e celular na frente.

Conheça nossas dicas para a escolha do canal mais apropriado para o seu negócio:

  1. Estude seu público-alvo para definir as personas
  2. Entenda como funciona a jornada de compra dos consumidores
  3. Analise as ações de marketing de seus concorrentes
  4. Invista na linguagem e na comunicação visual de sua marca
  5. Se optar por mais de um canal, faça a integração entre eles, fortalecendo sua marca
  6. Fique ligado nas atualizações dos canais 
  7. Monitore os resultados de sua campanha digital, para mudar o que for necessário em tempo hábil e investir no que está funcionando

Quais os canais digitais mais utilizados?

Sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Confira nossa lista dos canais digitais mais utilizados para divulgar seu negócio e entenda um pouco sobre como cada um deles pode funcionar a seu favor. 

Redes sociais

Dá para contar nos dedos das mãos quem não tem perfil em rede social. Milhares de pessoas estão conectadas pelo Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, entre outras. Mas, como dissemos, as redes sociais não foram criadas para a comercialização de negócios. Elas funcionam para que as pessoas se relacionem umas com as outras, globalmente. Coisa impensável, em outros tempos. 

Hoje, muitas pessoas têm amigos espalhados pelo mundo. Imagina quanta troca de experiência acontece. 

O que você pode fazer nas redes sociais para potencializar seu negócio?

Estar em contato com muita gente, o que permite atrair um público imenso!

É possível alcançar uma segmentação específica desse público, para entrar em contato com seu público-alvo, interagir com quem aparece, escrever posts interessantes sobre seu negócio, responder, tirar dúvidas, enfim, criar uma relação com clientes em potencial, direcionar os interessados para a página específica do seu negócio.

Usar as redes como canais digitais têm várias vantagens, como:

  • Custo baixo
  • Uso de texto, imagens e vídeos
  • Grande alcance

Leia mais: Como as redes sociais podem ajudar o seu negócio 

E-mail marketing

Nem sempre o envio de e-mails para fazer publicidade foi visto com bons olhos, até porque a maioria caía na caixa de spam, o que acabava não dando tanto valor para este tipo de canal.

O que você pode fazer com o e-mail marketing?

Enviar notícias, conteúdos relevantes, promoções e informações específicas sobre o diferencial de sua marca.

Tendo em vista a frequência de envio de conteúdo, também pelo processo de automação, o e-mail marketing fortalece o relacionamento com os clientes.

Outras vantagens?

  • Canal rápido, direto e conhecido 
  • Custo baixo
  • Uma mesma mensagem pode ser enviada a muitas pessoas

Busca orgânica (SEO)

Como falamos lá no início do texto, muita gente usa a Internet para facilitar a vida, inclusive para fazer compras. 

Já pensou como a pessoa pode chegar até o seu site ou blog ou e-commerce?

Geralmente, é por meio de um motor de busca, como o Google. 

Mas você sabia que existem critérios específicos, como palavras-chave, para posicionar o URL nos primeiros lugares das buscas? 

É o chamado SEO, ou otimização para motores de busca. Investir no SEO vai fazer com que seu canal seja mais facilmente encontrado pelos usuários, dentre tantos canais existentes. É uma forma de melhorar o posicionamento de seu URL nos resultados das pesquisas. 

Como o usuário já está interessado no que você vende, se ele chegar até a sua página, há grandes chances de fechar negócio. 

Busca direta

Diferentemente da busca orgânica, a busca direta é quando o usuário digita sua URL diretamente no navegador. Isso quer dizer que ele já conhece sua marca, tem uma boa referência a respeito do seu produto e foi conferir ou está retornando para efetuar uma compra ou uma nova compra.

O potencial cliente pode ter chegado até você justamente pela qualidade do seu site. 

Por isso, vale a pena manter essa qualidade:

  • Atualizado o conteúdo com novidades
  • Cuidando com a usabilidade, acessibilidade, experiência do usuário e o design do site.

Se o cliente chegou até você, garanta que ele tenha uma boa jornada de compra.

Leia mais: 5 dicas para fazer o cliente comprar

Referência

Não está sozinho quem tem bons amigos. Outra maneira de ser encontrado na rede é por meio de outros sites. Basta que seu site seja citado em algum conteúdo ou referenciado em algum link. 

Isso pode acontecer via parcerias interessantes com outras empresas ou naturalmente, porque as pessoas gostam do seu conteúdo ou do seu negócio e querem compartilhá-lo em suas redes ou sites. 

Mídia paga

Como é mais complicado aparecer de forma orgânica ou direta na busca dos clientes em potencial, você pode investir nas mídias pagas para conseguir divulgar seu produto ou serviço para clientes ideais, ou seja, aqueles que estão buscando exatamente o que você está oferecendo.

Pessoa mexendo no celular e ícones de curtidas saindo da tela.

Você pode veicular anúncios pelos seguintes canais, entre outros:

  • Google Ads
  • Facebook Ads
  • LinkedIn Ads
  • Twitter Ads
  • Waze Ads
  • Mídia programática

Vale pesquisar sobre as especificidades de cada um desses veículos para escolher o que mais tem a ver com o seu objetivo. Já falamos sobre esse cuidado, não é mesmo? Este tipo de repetição nunca é demais.

Marketplace

Esse é um canal específico para o comércio. O marketplace, como o próprio nome diz, é um site do mercado que apresenta várias opções de lojas online e produtos anunciados pelas empresas.

Nesse caso, tudo está bastante direcionado, porque o usuário que acessa o marketplace tem como objetivo comprar, geralmente fazendo uma comparação entre preços. 

Mostrar sua marca ou produto em um marketplace faz com que o cliente ideal chegue até você no momento certo, ou seja, na hora da compra. Vale analisar se a realidade do seu negócio tem a ver com esse tipo de canal de divulgação.

Exemplos de marketplaces?

  • Amazon
  • Mercado Livre
  • Facebook
  • GetNinjas

Vimos que são vários os canais digitais apresentados aqui, mas que é preciso levar em consideração a especificidade do seu negócio para escolher onde investir. No mais, não há dúvidas de que é necessário investir em canais digitais para alavancar seu negócio. Não dá mais para deixar o virtual de fora da sua realidade. 

Precisando de ajuda para trabalhar com esses canais digitais? Contrate profissional de marketing no GetNinjas.

E se você for esse profissional, cadastre-se na plataforma e consiga mais clientes!

Você também pode gostar

Deixe um comentário