Qual a diferença entre planejamento e controle financeiro?

Pessoa escrevendo em uma agenda com post-its atrás.
10 minutos para ler

Já está mais do que provado que sem o planejamento financeiro, não há controle financeiro. Talvez a relação entre planejamento e controle não seja tão radical assim, mas o fato é que para fazer uma boa gestão das finanças de uma empresa, ou até mesmo das finanças pessoais, é preciso, em primeiro lugar, fazer um planejamento financeiro, para, depois, controlar o que foi planejado e o que escapou do planejamento.

Neste texto, você vai entender o que significa fazer o planejamento financeiro de um negócio e por que é importante incluir essa etapa lá no início, ou seja, quando você estiver propondo a abertura de sua empresa. Também vai entender por que é importante fazer o controle de suas finanças e o quanto você ganha com isso.

Planejar e controlar os gastos e ganhos do seu negócio são atividades cruciais para manter sua empresa de pé. 

É sabido que muitas empresas têm problemas sérios no que diz respeito à gestão financeira de seus negócios, o que pode causar muita dor de cabeça aos empresários, além de anos para voltar à ativa de forma mais saudável, quando isso acontece. 

E não é só em empresas que isso acontece, não é mesmo? Quanta gente não está endividada por se perder nas contas? Manter as contas em dia não é tão simples assim. Por isso, existem inúmeras ferramentas e métodos para manter sua empresa, e você, em boas condições de saúde.

O que é planejamento financeiro?

Vamos começar pelo começo, explicando o que é um planejamento financeiro! 

Se você estiver pensando em abrir uma empresa ou já trabalha com seu próprio negócio, a ação de planejar faz parte do seu vocabulário, ou deveria fazer. Você provavelmente está pensando no planejamento ou colocando algumas ideias no papel, ou já fez muito planejamento para ter chegado onde chegou e ainda existe um planejamento de ações para chegar mais longe.

É assim com tudo na vida. Se temos um objetivo, precisamos achar um caminho para chegar lá e quanto mais detalhado for, melhor. 

Quando falamos do planejamento financeiro de uma empresa, estamos nos referindo a uma parte da gestão financeira do negócio em que são traçadas metas e ações para atingir determinados objetivos em um período de tempo.

Exemplos:

  • O que é possível fazer para aumentar os lucros no ano que vem?
  • Como reduzir os custos de produção no semestre que vem?
  • Quanto dinheiro eu preciso ter para abrir a minha empresa? Em quanto tempo consigo juntar esse dinheiro? Preciso de investidores?
  • Quanto preciso investir em marketing digital para atrair novos clientes, tendo em vista o tempo de 3 meses para ter algum retorno desse tipo de ação?

O ideal é que o planejamento financeiro inclua ações específicas de todas as áreas da empresa, com o máximo de detalhes possíveis, incluindo prazos de realização. Assim, fica bem mais fácil priorizar a ordem das ações, de acordo com o dinheiro disponível e seguir de perto os resultados obtidos. 

Se os resultados não estiverem sendo tão satisfatórios, é possível estipular um novo período ou mudar a ação. Revisar o planejamento financeiro uma vez por mês, mesmo para ações de longo prazo, é uma estratégia interessante para manter o controle financeiro do seu negócio.

Viu como planejamento e controle financeiro fazem parte da boa gestão financeira do seu negócio? Antes de se aprofundar no significado de controle financeiro, confira quais são as vantagens de fazer um bom planejamento financeiro.

Leia mais: Qual a maneira correta de fazer um planejamento financeiro? Entenda

Vantagens do planejamento financeiro

Antes de destacar as 3 principais vantagens de fazer um planejamento financeiro para sua empresa, voltamos a destacar que sem um planejamento, é praticamente impossível estruturar qualquer negócio de forma saudável.

1. Clareza nos objetivos

Ao fazer o planejamento financeiro, as metas que queremos atingir ficam registradas, assim como o caminho que queremos percorrer. É como se estivéssemos organizando nossas ideias no papel. Tudo fica mais claro, inclusive os limites de tempo e dinheiro.

2. Decisões mais certeiras

Quando as metas e caminhos estão postos, fica mais fácil tomar as decisões fundamentadas em dados e informações reais. Quando as coisas estão claras, é mais difícil se enganar ou cometer erros. 

3. Controle eficaz

Lembra quando mencionamos o planejamento detalhado? Além das metas, ações e prazos, no planejamento também são definidas formas de controle, como ferramentas para medir indicadores de desempenho, controle de caixa,, etc.

O que é controle financeiro?

O controle financeiro é a maneira de conferir se o que foi planejado está sendo cumprido de forma saudável. Se forem detectadas falhas ou erros, é possível fazer as mudanças mais adequadas antes de ser tarde demais. 

É essencial manter o controle das movimentações financeiras para avaliar a real condição da empresa e saber quando fazer os investimentos necessários para lidar com deficiências no fluxo de caixa, por exemplo. 

E aí voltamos ao planejamento. Por isso, que a gestão financeira funciona dentro de uma lógica cíclica de planejamento e controle, conhecida como:

  • Planejar
  • Fazer
  • Checar (e replanejar)
  • Agir 

Os principais meios de efetuar o controle financeiro são:

  • Fluxo de caixa
  • Balanço patrimonial
  • Gestão de custos
  • Gestão orçamentária
  • Análise do ponto de equilíbrio e lucratividade

Muitos gestores analisam relatórios financeiros para avaliar a condição real da empresa, conforme citado. Esses relatórios são gerados com informações do fluxo de caixa e patrimoniais. 

Conheça, a seguir, as vantagens de executar boas ações de controle de suas finanças.

Leia mais: Como manter a saúde financeira da sua empresa?

Vantagens do controle financeiro

Podemos estabelecer pelo menos 3 benefícios que resultam de ações de controle financeiro.

1. Dados integrados

Com auxílio da tecnologia, existem diversas ferramentas e softwares que integram e cruzam os dados, o que facilita muito o processo operacional, além de garantir números precisos sobre cada departamento. 

Há um tempo, esse processo era feito pelos profissionais de Contabilidade em planilhas de Excel. Apesar de muita gente ainda utilizar planilhas para fins contábeis, esse processo é muito mais suscetível a erros, se comparado com os softwares existentes, além de tomar tempo de um profissional que poderia estar envolvido com processos menos operacionais e mais estratégicos.

2. Decisões estratégicas

Sabendo de todo o cenário financeiro da empresa, é mais fácil tomar as decisões assertivas em momentos mais adequados. Neste sentido, não se toma nenhuma decisão por impulso ou com base em incertezas. Os números e informações de cada situação ou área estão dados.

3. Feedback coerente

Novamente, se o gestor estiver a par do que está acontecendo em cada área ou setor da empresa, é possível efetuar um excelente trabalho de gestão de pessoas. Por meio do controle financeiro, dá para justificar ao superior que as decisões tomadas estão baseadas em dados concretos. 

Em relação à equipe, ou demais colaboradores, é possível apontar onde estão as falhas e em qual direção seguir, sem que ninguém se sinta perseguido ou prejudicado. 

Uma gestão baseada na transparência e clareza das informações faz com que todos se sintam pertencentes e que o gestor seja percebido como um bom líder.

Controle financeiro pessoal e empresarial

Já vimos que, sem um controle financeiro, uma empresa pode se dar muito mal. E isso é fato. Muitas empresas fecham por não terem seguido um planejamento financeiro e o controle das contas. Afinal, sem o controle financeiro, fica difícil gerar o lucro esperado para poder investir na expansão do seu negócio.

O planejamento financeiro aborda exatamente isso: o que se espera, qual a previsão conforme o que está em jogo. O controle financeiro seria uma forma de apitar a partida. Nada é garantido, nem certo, mas é possível usar as ferramentas corretas para colocar em prática as estratégias mais eficazes.

Mas não esqueçamos que os empresários também têm suas vidas pessoais. Portanto, esse lucro esperado também inclui o tanto de dinheiro que eles podem  usar nos seus gastos pessoais.

Muher digitando em um notebook e usando uma calculadora.

Complicou? Como fazer a gestão financeira da empresa e da vida pessoal?

O empresário pode pegar o que “sobrou” no caixa da empresa para fazer uma viagem relâmpago para Paris? Isso não vai dar rolo? Provavelmente sim.

E é por isso que vamos explicar por que é importante separar o controle financeiro da empresa do controle financeiro pessoal.

Como organizar suas finanças

Você viu que há toda uma forma de fazer a gestão financeira do seu negócio, por meio do planejamento e do controle, correto?

Pense que isso tudo faz parte do universo financeiro de sua empresa, que as finanças estão todas amarradas entre si e tem um propósito de crescimento e/ou sobrevivência em tempos de crise.

Portanto, se sua empresa estiver indo bem, a lucratividade deve ser usada para o investimento no próprio negócio. Suas contas pessoais estão em outro universo.

Essa é a primeira dica:

Separe suas contas

A sugestão é abrir duas contas no banco, uma vinculada ao seu CPF e outra, 

ao seu CNPJ. 

Leia mais: Como separar a conta física da jurídica.

A segunda dica é:

Estabeleça seu “salário” ou o quanto você pode tirar por mês

Se você for dono de uma empresa e não tiver nenhuma outra fonte de renda, estabeleça seu salário, com  base, é claro, no seu planejamento financeiro pessoal.

Mas é importante lembrar que o salário planejado deve ser retirado do lucro mensal da empresa, descontando o valor usado para reinvestimentos no seu negócio, de acordo com o planejamento financeiro empresarial. 

Caso não tenha sobrado o suficiente, mantenha o valor do seu salário, se não for possível reduzi-lo, mas devolva o que ficou faltando assim que possível.

Planejar e controlar finanças não é assunto fácil, até porque é muito fácil ser seduzido pelo dinheiro que “parece” estar sobrando e gastar mais do que devia. 

Leia mais: Erros que você deve evitar ao cuidar de suas finanças

Quer falar com um contador para te ajudar nesse quesito? Aqui no GetNinjas, os profissionais da área entram em contato com você para ter o serviço que você precisa. Tudo na palma da sua mão!

E se você quer oferecer seus serviços e aumentar a sua clientela, cadastre-se na nossa plataforma!

Você também pode gostar

Deixe um comentário